GP1

Teresina - Piauí

Strans muda rota de ônibus por conta de obra na zona norte

A mudança no itinerário dos ônibus vai acontecer a partir da Praça do Gari, de onde os ônibus seguirão pelas ruas Campo Maior, Pedro Brito, Basílio Alves de Carvalho e Telegrafista Francisco

Por conta da obra de implantação das estações de embarque e desembarque para passageiros no Corredor Rui Barbosa, na zona Norte da cidade, haverá a partir do dia 5 de novembro uma mudança nos itinerários das linhas 101 (Santa Maria da Codipi/Jacinta Andrade), 102 (Mocambinho/Poti Velho/Uespi), 103 (Mocambinho/Matadouro), 109 (Santa Maria da Codipi/ Shopping) 563 (Universidade/Circular I ) e 170 (Bela Vista/Poti Velho) no sentido centro/bairro.

A mudança no itinerário dos ônibus vai acontecer a partir da Praça do Gari, de onde os ônibus seguirão pelas ruas Campo Maior, Pedro Brito, Basílio Alves de Carvalho e Telegrafista Francisco Medeiros. Os pontos de paradas serão nos seguintes cruzamentos: Rua Pedro Brito com Rua Martinele Cavalca, Rua Basílio Alves de Carvalho com as ruas Antônio Monteiro e Canindé e ainda Rua Telegrafista Francisco Medeiros com a Rua Rui Barbosa.

De acordo com o gerente de planejamento da Strans, Denilson Guerra, o desvio não irá afetar muito a vida dos usuários, pois a rota será modificada quando eles estiverem retornando para casa. “Estamos fazendo ampla divulgação do novo itinerário para que as pessoas entendam como vai funcionar, inclusive estamos divulgando os novos pontos de paradas”, afirmou.

Guerra reforça também que os agentes de fiscalização de transportes públicos estarão nos locais de desvio para tirar as dúvidas os usuários. “Pelo menos nas primeiras semanas nosso pessoal estará no local para orientar as pessoas. Além dos agentes de trânsito, que também irão ajudar na operação para garantir a fluidez no trânsito”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.