GP1

Política

TCE reprova contas de gestão do ex-prefeito Chico de Miguel

O julgamento aconteceu no dia 15 de agosto e o relator foi o conselheiro foi o conselheiro Kennedy Barros.

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) julgou como irregulares as contas de gestão da prefeitura de Campinas do Piauí, do ano de 2015, na administração do ex-prefeito Francisco da Cruz, o Chico de Miguel. O julgamento aconteceu no dia 15 de agosto e o relator foi o conselheiro foi o conselheiro Kennedy Barros.

Entre as irregularidades encontradas estão: ausência de licitação, fracionamento de despesas, inadimplência junto à Eletrobras e gastos expressivos com diárias.

Foi aplicada ainda multa no valor correspondente a 750 UFR-PI, a ser recolhida ao Fundo de Modernização do Tribunal de Contas – FMTC, no prazo de 30 dias, após o trânsito em julgado da decisão.

Outro lado

O ex-prefeito Chico do Miguel não foi localizado pelo GP1.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.