GP1

Teresina - Piauí

Wellington Dias afirma que vai resolver situação do Verdão com diálogo

"Eu tenho certeza que o prefeito [Firmino Filho], que também experimenta essa área da parceria pública-privada, sabe a importância, nesse momento, dessa modelagem", disse o governador .

O governador Wellington Dias falou, nesta segunda-feira (08), sobre a polêmica envolvendo o Ginásio Verdão, que agora está sob responsabilidade da empresa SIM (Sistema Integrado de Mídia), vencedora da licitação realizada pelo Governo do Piauí, e que havia mandado gradear a Praça João Gayoso, o que desagradou corretores de automóveis que trabalhavam no local.

Segundo o governador, tudo será resolvido através do diálogo. “Nada que não se possa resolver através do diálogo. Eu tenho certeza que o prefeito [Firmino Filho], que também experimenta essa área da parceria pública-privada, sabe a importância, nesse momento, dessa modelagem para que a gente tenha as condições de gerar emprego, gerar atividades, gerar o social, com melhor qualidade de serviços importantes”, afirmou.

  • Foto: Helio Alef/GP1Wellington DiasWellington Dias

“O Verdão é do Estado, quando foi feito o Verdão, assim como o Albertão, assim como outros espaços têm a área do parque esportivo e do estacionamento, que em algum momento da história foi permitido que se trabalhasse ali um sistema de comercialização de veículos e também tem entendimento para que se tenha uma solução”, declarou.

Firmino mandou tirar as grades

Na sexta-feira (05), agentes da Prefeitura de Teresina foram até a praça para fazer a retirada das grades que foram colocadas. O prefeito Firmino Filho esteve, na manhã deste sábado (06), com os vendedores de veículos, tomou café da manhã e disse que a realocação dos corretores feita pelo ex-governador do Piauí, Wall Ferraz, gerou “crescimento e geração de renda”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Firmino Filho manda retirar grades da praça do ginásio Verdão

Corretores de veículos realizam ato contra privatização em Teresina

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.