Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Empresário é preso pelo GRECO acusado de furto de água no Jóquei

A ação foi acompanhada pela Águas de Teresina, concessionária responsável pela distribuição de água na Capital.

O dono de um restaurante, que não teve o nome revelado, foi preso pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) nesta quarta-feira (11), acusado de furto de água, no bairro Jóquei, zona leste de Teresina. A ação foi acompanhada pela Águas de Teresina, concessionária responsável pela distribuição de água na Capital.

Segundo a concessionária, a prisão foi efetuada após ser constatado em perícia, que no restaurante havia um desvio de água antes de passar pelo hidrômetro. “Pelo nosso cálculo 361 mil litros de água foram consumidos sem a medição. Volume que daria para abastecer 36 imóveis. Furto de água traz um prejuízo coletivo”, disse a empresa.

  • Foto: Divulgação/Águas de TeresinaLocal onde foi comprovado o furto de águaLocal onde foi comprovado o furto de água

De acordo com o delegado Laércio Evangelista, do GRECO, uma equipe de policiais civis visitam junto com os fiscais da Águas de Teresina os locais que apresentam sinais de fraudes no sistema de água e esgoto. “Nós realizamos a perícia onde há alguma suspeita, e o reforço policial é acionado quando o dono do local resiste a prisão”, falou o Laércio Evangelista.

O empresário foi encaminhado para a sede do GRECO para a realização dos procedimentos cabíveis ao caso.


Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.