GP1

Parnaíba - Piauí

Vídeo mostra bandidos invadindo casa para executar garota em Parnaíba

Os bandidos demoraram apenas trinta segundos para assassinarem a adolescente de 15 anos.

O GP1 teve acesso às imagens de uma câmera de segurança que flagrou o momento exato em que três bandidos invadiram uma residência, na Rua Samuel Santos, bairro São Francisco da Guarita, para executarem a adolescente identificada apenas como Débora, de 15 anos, na tarde desta sexta-feira (15), em Parnaíba, no litoral do Piauí.

No vídeo, é possível ver quando um homem entra na residência da vítima e logo em seguida, mais dois comparsas o acompanham. Cerca de 20 segundos depois, um carro, de modelo Astra Sedan, chega ao local do crime e o motorista ficando aguardando os criminosos voltarem.

Imagens de uma câmera de segurança flagraram o momento exato em que três bandidos invadem uma residência, na Rua Samuel Santos, bairro São Francisco da Guarita, para executarem a adolescente, identificada apenas como Débora, de 15 anos, que foi morta a tiros no quintal de casa, na tarde desta sexta-feira (15), em Parnaíba. Polícia Militar do Piauí PMPI #PortalGP1 #GP1 #Parnaíba

Posted by GP1 - O 1º Grande Portal de Notícias do Piauí on Friday, October 15, 2021

Os bandidos entraram na casa exatamente às 13h27 e em apenas 30 segundos executaram a adolescente. Em seguida, empreenderam fuga no veículo. No momento do crime, a vítima estava com seu namorado e somente ela foi atingida com os tiros.

Entenda o caso

Débora foi assassinada a tiros na tarde desta sexta-feira (15). Os vizinhos ouviram o barulho dos disparos e acionaram o 2º Batalhão da Polícia Militar do Piauí (PM-PI) para a ocorrência.

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram a vítima morta. O caso será investigado pela Delegacia de Combate a Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba (DHTL).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.