GP1

Teresina - Piauí

Dr. Pessoa autoriza concurso para Semec com salários de até R$ 4.800,00

A informação foi confirmada ao GP1, nesta quarta-feira (24), pelo secretário de Educação Nouga Cardoso.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB) autorizou, nesta quarta-feira (24), a realização de um novo concurso para a Secretaria Municipal de Educação – SEMEC – que vai contar com salários entre R$ 2.400,00 e R$ 4.800,00. A informação foi confirmada ao GP1 pelo secretário Nouga Cardoso.

Em entrevista à nossa reportagem, o secretário Nouga Cardoso afirmou que a Prefeitura de Teresina irá analisar o quantitativo de vagas a serem ofertadas no concurso público, que será destinado aos cargos de professor, assistente social, nutricionista e psicólogo, mas ainda sem data definida.

Foto: Lucas Dias/GP1Nouga Cardoso
Nouga Cardoso

“Ainda vamos definir na quantidade professores, assistentes sociais, nutricionistas e psicólogos. Agora, o prefeito vai analisar o concurso com base no impacto financeiro e o nosso otimismo é que seja o mínimo possível. Atualmente, a rede municipal já conta com professores, só que na condição de substitutos”, frisou o secretário municipal de Educação.

Ainda de acordo com o secretário, os salários para esse concurso deverão levar em consideração o que é estabelecido pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Educação. Nouga afirmou que a média será de R$ 2.400,00 para carga de 20 horas e R$ 4.800,00 para carga de 40 horas. “Então iremos discutir o número de vagas, principalmente, porque os salários são definidos por lei, talvez o Governo Federal atualize e a prefeitura vai acompanhar esse salário”, destacou o secretário Municipal de Educação.

O concurso contará com provas de títulos, destinadno assim os maiores salários aos docentes com especializações, mestrado e doutorado.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.