GP1

Madeiro - Piauí

Ciro Nogueira pede celeridade na investigação da morte do prefeito de Madeiro

O prefeito Zé Filho foi assassinado com três tiros na noite deste domingo (28), em Madeiro.

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, lamentou na noite deste domingo (28), o assassinato do prefeito de Madeiro, Zé Filho (Progressistas), morto com três tiros enquanto acompanhava uma partida de futebol no município de Madeiro.

Ciro Nogueira afirmou que o prefeito foi assassinado de forma “covarde e torpe”. “Consternação e indignação tomam conta de todos nós com a morte do prefeito de Madeiro, José Ribamar de Araújo Filho, assassinado de forma covarde e torpe neste domingo”, disse Ciro Nogueira.

O ministro também pediu celeridade nas investigações sobre o assassinado de Zé Filho, para prender os responsáveis pelo crime. “A dor que recai sobre a família do prefeito Zé Filho e seus concidadãos de Madeiro somente poderá ser aplacada com uma investigação policial séria e eficiente para apontar as responsabilidades por tão incompreensível ato de brutalidade criminosa e covarde”, pediu Ciro Nogueira.

Por fim, Ciro Nogueira lamentou a morte do prefeito de Madeiro e pediu Justiça. “A amizade que nos unia ao prefeito torna ainda maior nossa indignação e dor neste momento. Juntamo-nos aos que lastimam a perda do prefeito e pedem por justiça neste momento de luto e dor”, finalizou o ministro da Casa Civil.

Entenda o caso

O prefeito de Madeiro, José Ribamar de Araújo Filho, mais conhecido como Zé Filho (Progressistas), foi assassinado com três tiros na noite deste domingo (28), no município de Madeiro. O principal suspeito de cometer o crime identificado como Felipe Seixas é primo de Zé Filho e sobrinho do ex-prefeito Zé Neto.

Conforme informações repassadas pelo tenente Saboia, o prefeito estava acompanhando uma partida de futebol quando por volta de 18h foi surpreendido pelos disparos, que teriam partido de Felipe Seixas, que estava acompanhado do tio, o ex-prefeito de Madeiro Zé Neto.

O prefeito Zé Filho foi atingido com três tiros, sendo um na cabeça, um no peito e outro no ombro. Ele ainda chegou a ser socorrido e encaminhado ao hospital de Luzilândia, mas não resistiu aos ferimentos.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.