GP1

Santo Inácio do Piauí - Piauí

Prefeito Tairo Mesquita vai gastar quase R$ 1 milhão com combustível e peças

O prefeito Tairo Mesquita afirmou que a prefeitura não necessariamente gastará todo esse valor.

O prefeito de Santo Inácio do Piauí, Tairo Mesquita (Republicanos), vai gastar quase R$ 1 milhão com combustíveis, peças e acessórios para veículos de órgãos da prefeitura. Os extratos dos contratos foram publicados no Diário Oficial dos Municípios na edição de 11 de março.

Foram firmados dois contratos, ambos com vigência até 31 de dezembro deste ano. O primeiro foi assinado em 09 de março, referente ao fornecimento de combustíveis, o segundo assinado em 11 de março, cujo objeto foi o fornecimento de peças e acessórios para veículos.

Foto: Reprodução/FacebookPrefeito Tairo Mesquita
Prefeito Tairo Mesquita

O primeiro contrato foi assinado com posto de combustíveis Rio Canindé, para fornecimento de combustíveis, óleos lubrificantes, hidráulicos e arla, destinados as diversas secretarias municipais, pelo valor global de R$ 692.590,00 (seiscentos noventa e dois mil quinhentos e noventa reais).

Já o segundo contrato para fornecimento de peças e acessórios foi firmado com a empresa Marlone & Célia Ltda – ME, de nome fantasia Auto Peça Marcos, situada na cidade de Oeiras. O valor total da contratação é de R$ 302.234,00 (trezentos e dois mil duzentos e trinta e quatro reais).

Foto: Reprodução/DOUExtratos dos contratos
Extratos dos contratos

Somando os dois contratos, constata-se que a prefeitura vai desembolsar o montante de R$ 994.824,00 (novecentos e noventa e quatro mil e oitocentos e vinte e quatro reais) para pagar as duas empresas. Os recursos para esses dois pagamentos foram extraídos de diversas fontes, dentre elas o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), ICMS, Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR), FUNDEB e outros.

O município de Santo Inácio do Piauí possui 3.648 habitantes e tem área territorial de 852,106 km², de acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Outro lado

Procurado pelo GP1 nesta segunda-feira (26), o prefeito Tairo Mesquita explicou que a contratação contempla todos os órgãos da administração pública municipal e que a prefeitura não necessariamente gastará todo esse valor.

“Essa licitação, tanto de peças, como de combustível, é feita no valor global para toda a administração, para saúde, educação, assistência social, para todos os transportes e esse valor não significa dizer que a gente vá usá-lo todo, estamos fazendo por precaução. Do jeito que eu posso utilizar R$ 200 mil de acordo com a necessidade eu posso também usar R$ 100 mil, se a gente usar só R$ 100 mil, melhor para a gestão, que não vai ter esse gasto. Agora, somente o pneu de uma máquina pesada custa cerca de R$ 8 mil”, declarou o prefeito.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.