GP1

Teresina - PI

DNIT autoriza duplicação da BR 316 entre Demerval Lobão e Monsenhor Gil

A assinatura aconteceu no Dnit e contou com a presença do ex-senador João Vicente Claudino.

Marcelo Cardoso/GP1 1 / 10 Ribamar Bastos Ribamar Bastos
Marcelo Cardoso/GP1 2 / 10 Elmano Ferrer Elmano Ferrer
Marcelo Cardoso/GP1 3 / 10 Senador Elmano Ferrer Senador Elmano Ferrer
Marcelo Cardoso/GP1 4 / 10 João Vicente João Vicente
Marcelo Cardoso/GP1 5 / 10 João Vicente e Elmano Ferrer João Vicente e Elmano Ferrer
Marcelo Cardoso/GP1 6 / 10 Lideranças políticas Lideranças políticas
Marcelo Cardoso/GP1 7 / 10 Iracema Portela Iracema Portela
Marcelo Cardoso/GP1 8 / 10 Senador Elmano Férrer Senador Elmano Férrer
Marcelo Cardoso/GP1 9 / 10 Ribamar Bastos superintendente do DNIT Ribamar Bastos superintendente do DNIT
Marcelo Cardoso/GP1 10 / 10 Autoridades políticas na sede do DNIT Autoridades políticas na sede do DNIT

O senador Elmano Férrer (Progressistas) assinou na manhã desta terça-feira (22) a ordem de serviço para a duplicação da BR 316 no trecho que liga Demerval Lobão a Monsenhor Gil. A assinatura aconteceu no Dnit e contou com a presença do superintendente José Ribamar e do ex-senador João Vicente Claudino.

“A emenda que colocamos de 47 milhões foi para concluir a obra e os recursos que devem faltar, em função da correção dessas obras da construção civil, temos recursos assegurados para construir essa obra antes de dois anos para a execução”, afirmou o senador Elmano Férrer.

João Vicente destacou que o trabalho do senador Elmano Férrer e afirmou que o Piauí errou ao ficar com a responsabilidade da duplicação na saída de Teresina.

“A duplicação das rodovias federais no Piauí, o estado do Piauí está atrasado há muito tempo. Se a gente buscar nos estados do Nordeste, com a malha viária federal muito menor que a do Piauí, já tem um volume de duplicações maior. Cometemos um erro na saída de Teresina por ter estadualizado esses investimentos. Tiramos dinheiro do tesouro estadual para fazer obra federal”, disse João Vicente.

Conforme José Ribamar, a expectativa é fazer a duplicação até a Estaca Zero. “A gente está assinando aqui hoje no Dnit para fazer o projeto executivo da duplicação de Demerval Lobão a Monsenhor Gil para a gente tocar essa obra na sequência. O nosso objetivo é chegar até a Estaca Zero. O objetivo do Dnit é chegar com a duplicação de Teresina até a Estaca Zero”, explicou Ribamar.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.