Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Dr. Pessoa reconhece Associação das Prostitutas como utilidade pública

A lei municipal é de autoria da vereadora Teresinha Medeiros (PSL) e do vereador Luiz Lobão (MDB).

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), sancionou na última terça-feira (17) a Lei Nº 5.626/2021, que reconhece como utilidade pública em âmbito municipal a Associação das Prostitutas do Estado do Piauí (Aprospi). A nova lei foi publicada no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (19).

“Fica reconhecida de Utilidade Pública a Associação das Prostitutas do Estado do Piauí, instituição de direito privado, com finalidade civil, jurídica, sem fins lucrativos, constituída por tempo indeterminado”, dia o Artigo 1º da lei sancionada pelo prefeito.

A lei, que foi aprovada pela Câmara Municipal de Teresina, é de autoria da vereadora Teresinha Medeiros (PSL) e do vereador Luiz Lobão (MDB).


A Associação das Prostitutas do Piauí, que agora foi reconhecida de utilidade pública, é presidida por Célia Gomes e fica sediada no bairro Angelim, zona sul de Teresina.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.