GP1

Teresina - Piauí

Membro do PCC é preso pela Polícia Civil dentro da boate Apollo 11

A prisão foi realizada pelo DHPP, com o apoio do 13º Distrito Policial e equipes do 5º Batalhão da PM.

Um membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), identificado como Walison da Silva Barroso, vulgo Nego Alisson, de 24 anos, foi preso na noite desta sexta-feira (17), por volta 23h, por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), dentro da Boate Apollo 11, localizada no bairro Horto, na zona leste de Teresina.

As investigações que foram conduzidas pelo DHPP, apontaram que o suspeito preso possui uma extensa ficha criminal em relação a crimes de homicídio, sendo também um membro importante da facção PCC. Ao todo, Walison da Silva é acusado de ter envolvimento em 4 mortes na Capital.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1DHPP
DHPP

Segundo o titular do 13º Distrito Policial, que auxiliou na prisão, delegado Odilo Sena, informou que o acusado tem a função de executor na facção, ou seja, recebia ordens para matar.

“Esse suspeito é perigosíssimo, responde por vários homicídios, esse preso trata com o PCC, ele é um dos executores da organização, ou seja, ele recebe ordem para matar as pessoas. Esses membros de facções não são criminosos comuns, são extremamente perigosos, matam sorrindo”, informou o delegado.

Após a prisão ser efetuada, o acusado foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina e em seguida foi encaminhado ao sistema prisional.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.