GP1

Paulistana - Piauí

Prefeito decreta situação de emergência em Paulistana devido a estiagem

O decreto foi assinado no dia 03 de janeiro de 2022 e publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM).

O prefeito de Paulistana, Joaquim Julio Coelho, mais conhecido como Joaquim da Farmácia (PSD), decretou situação de emergência no município devido a estiagem. O decreto foi assinado no dia 03 de janeiro de 2022 e publicado no dia 11 de janeiro de 2022 no Diário Oficial dos Municípios (DOM).

Segundo o prefeito, apesar do aumento dos índices pluviométricos que incidiram no município, não foi suficiente para atender as necessidades dos munícipes quanto ao acesso a água própria para o consumo humano e animal, bem como para a produção agrícola.

Foto: Reprodução/FacebookJoaquim da Farmácia
Joaquim da Farmácia

Além disso, conforme o prefeito, os reservatórios encontram-se com sua capacidade aquém da média, causando preocupações e podendo se agravar no decorrer do ano.

Desta forma, o prefeito decretou situação anormal em toda a extensão territorial do município de Paulistana cateterizada como situação de emergência e autorizou o desencadeamento de ações emergenciais de respostas aos desastres até o restabelecimento da normalidade. O decreto já está em vigor e vale por 180 dias.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.