Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Shopping da Cidade tem fornecimento de energia cortado

Segundo os permissionários que trabalham no local, a dívida acumulada ultrapassou os R$ 300 mil.

A energia do Shopping da Cidade foi cortada na tarde dessa segunda-feira (30), por falta de pagamento da conta de energia do local. O fornecimento de energia foi retomado na manhã desta terça-feira (31).

Os permissionários que trabalham no local informaram ao GP1 que a dívida do Shopping com a Equatorial Piauí chegou a mais de R$ 300 mil. Por conta da pandemia um acordo entres as partes foi feito e a dívida foi parcelada em prestações de R$ 30 mil mensal.

Foto: Lucas Dias /GP1Shopping da Cidade
Shopping da Cidade

Em nota, a Equatorial Piauí informou que a suspensão do fornecimento da unidade consumidora foi acarretado por inadimplência das faturas de energia. A empresa destacou que tal procedimento aconteceu após envio de notificação formal à administração do espaço, conforme estabelece a Resolução 1.000/2021 da Aneel.

“O débito vencido teve prazo para pagamento superior ao prazo regulatório para o reaviso de vencimento e compreende a fatura de consumo vencida ainda em abril, juntamente com parcela da negociação de acordo vigente firmado com o Shopping”, diz trecho na nota.


A Equatorial Piauí informou ainda que empreendeu todos os esforços possíveis para encaminhar o caso à solução e que, na manhã desta terça-feira (31), o espaço teve fornecimento restabelecido após acordo firmado em reunião com os responsáveis pelo Instituto que administra o Shopping da Cidade.

Confira a nota na íntegra:

Nota de Esclarecimento - Suspensão do fornecimento do Shopping da Cidade

A Equatorial esclarece que realizou nesta segunda-feira (30), a suspensão do fornecimento da unidade consumidora em que funciona o Shopping da Cidade, no centro da Capital, por inadimplência da(s) fatura(s) de energia. A empresa destaca que tal procedimento aconteceu após envio de notificação formal à administração do espaço, conforme estabelece a Resolução 1.000/2021 da Aneel.

O débito vencido teve prazo para pagamento superior ao prazo regulatório para o reaviso de vencimento e compreende a fatura de consumo vencida ainda em abril, juntamente com parcela da negociação de acordo vigente firmado com o Shopping.

Estando sempre à disposição dos clientes, a Equatorial Piauí informa que empreendeu todos os esforços possíveis para encaminhar o caso à solução e que, na manhã desta terça-feira (31), o espaço teve fornecimento restabelecido após acordo firmado em reunião com os responsáveis pelo Instituto que administra o Shopping da Cidade.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.