GP1

Teresina - Piauí

Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática é inaugurada em Teresina

A delegacia está localizada dentro do Show Alto Mall, na Avenida João XXIII e funcionará de 8h às 16h.

Alef Leão/GP1 1 / 13 Delgado Anchieta Nery Delgado Anchieta Nery
Alef Leão/GP1 2 / 13 Adriana Moura, Gerente dos Espaços da Cidadania da SEADPREV Adriana Moura, Gerente dos Espaços da Cidadania da SEADPREV
Alef Leão/GP1 3 / 13 Luccy Keiko, Delegado Geral Luccy Keiko, Delegado Geral
Alef Leão/GP1 4 / 13 Delegacia de Repressão e Combate aos Crimes de Informática inaugurada no Espaço cCidadão do Show Automall Delegacia de Repressão e Combate aos Crimes de Informática inaugurada no Espaço cCidadão do Show Automall
Alef Leão/GP1 5 / 13 Celciana Ramos, Diretora de Inclusão Social do SINE Celciana Ramos, Diretora de Inclusão Social do SINE
Alef Leão/GP1 6 / 13 Delegado Geral, Luccy Keiko Delegado Geral, Luccy Keiko
Alef Leão/GP1 7 / 13 Adriana Moura e Luccy Keiko Adriana Moura e Luccy Keiko
Alef Leão/GP1 8 / 13 Polícia Civil Polícia Civil
Alef Leão/GP1 9 / 13 Adriana Moura, Gerente dos Espaços da Cidadania da SEADPREV Adriana Moura, Gerente dos Espaços da Cidadania da SEADPREV
Alef Leão/GP1 10 / 13 Nova sede da DRCI é inaugurada no Espaço Cidadão no Show do Automall Nova sede da DRCI é inaugurada no Espaço Cidadão no Show do Automall
Alef Leão/GP1 11 / 13 Adriana Moura e Luccy Keiko Adriana Moura e Luccy Keiko
Alef Leão/GP1 12 / 13 Delegados estiveram presentes na inauguração do DRCI Delegados estiveram presentes na inauguração do DRCI
Alef Leão/GP1 13 / 13 Delegados estiveram presentes na inauguração do DRCI no Espaço Cidadão no Show do Automall Delegados estiveram presentes na inauguração do DRCI no Espaço Cidadão no Show do Automall

Foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (09), a nova sede da Delegacia de Repressão e Combate aos Crimes de Informática (DRCI), localizada no Espaço da Cidadania do Show Auto Mall, na Avenida João XXIII, zona leste de Teresina. O local funcionará de segunda-feira à sexta-feira, de 8h às 16h.

Segundo o delegado Anchieta Nery, titular da DRCI, o principal objetivo da mudança é facilitar o atendimento à população. “O Espaço da Cidadania é um espaço do Governo voltado ao atendimento ao público, então a gente tinha que casar com a necessidade da DRCI e melhorar o atendimento à população. Hoje estamos com três salas, cartório, investigação, gabinete dos delegados e guichê de atendimento para a população”, informou o delegado.

De acordo com Anchieta Nery, o atendimento será voltado tanto para aquelas pessoas que foram vítimas de crimes virtuais e desejam realizar denúncias, bem como para aqueles que já possuem um inquérito em andamento. “A população que foi vítima de um crime virtual ou precisa de uma orientação pode vir até aqui e ser atendida espontaneamente. E se você tem um inquérito que está em andamento, pode agendar eletronicamente e vir aqui com horário marcado”, frisou o titular da DRCI.

O titular da DRCI destacou ainda quais os crimes virtuais mais comuns e orientou como as pessoas podem evitar cair nesses golpes. “Os crimes mais comuns são o estelionato, a extorsão e invasão de contas de e-mail e rede social. A medida de segurança mais simples é desconfiar de qualquer mensagem ou e-mail que você recebe”, destacou Anchieta Nery.

Descentralização

O delegado-geral Luccy Keiko participou do evento de inauguração da nova sede e anunciou que os agentes das delegacias regionais vão passar por treinamento para atender a demanda do interior do Piauí e a sede da DRCI em Teresina ficará com casos de maior complexidade.

“Nós temos a intenção de fazer o treinamento com o pessoal do interior para que aqui fique voltado para os casos da Capital. Queremos treinar os colegas de outras delegacias para que essa demanda não tenha que vir para Teresina. Aqui o cidadão terá um atendimento mais rápido, eficiente e, certamente, com a convocação dos novos agentes vamos reforçar o quadro. Apesar da criminalidade crescente no ambiente virtual, temos conseguindo desvendar vários crimes. A gente quer fazer esse treinamento nas delegacias regionais para atender esses crimes que ocorreram em ambiente virtual e só venham para a DRCI aqueles crimes que demandem mais tempo de investigação”, explicou Luccy Keiko.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.