GP1

Teresina - Piauí

Campanha de piauiense que precisa de cirurgia ganha apoio de Whindersson

Wanessa Machado precisa arrecadar recursos para fazer uma cirurgia de urgência avaliada em R$ 80 mil.

O humorista Whindersson Nunes publicou uma sequência de stories em seu Instagram apoiando a campanha da estudante piauiense Wanessa da Costa Machado, de 22 anos, que foi diagnosticada com uma síndrome rara e está fazendo uma campanha para arrecadar recursos para realizar uma cirurgia de urgência avaliada em quase R$ 80 mil na cidade de São Paulo.

Whindersson e Wanessa se encontraram durante a passagem do humorista por Teresina. Ele fez um show no último sábado (18), no estádio Albertão para cerca de 15 mil pessoas e após a apresentação conversou com Wanessa e se solidarizou com a campanha da estudante.

Foto: Reprodução/WhatsAppWhindersson Nunes e Wanessa Machado
Whindersson Nunes e Wanessa Machado

Em seus stories, Whindersson pediu a colaboração de seus seguidores para que ajudem na campanha e divulgou os dados da conta bancária disponível para receber as doações. “No show em Teresina muito massa, muito irado, uma moça veio falar comigo sobre uma situação que ela está vivendo, que ela precisa de uma cirurgia e está fazendo uma vaquinha. Eu queria pedir a ajuda de vocês porque o caso dela é uma síndrome que é rara e requer um cuidado especial, que deixa as coisas mais caras. Então ela resolveu fazer essa vaquinha e está também correndo contra o tempo. [..] Se você puder ajudar eu vou ficar muito agradecido e ela também”, pediu Whindersson.

A campanha

Em entrevista ao GP1, wanessa Machado explicou que foi diagnosticada com Síndrome da Compressão da Artéria Celíaca em março deste ano, doença que prejudica o processo de digestão por conta da compressão da artéria. A cirurgia que ela precisa fazer é para corrigir a estenose do tronco celíaco para que o fluxo sanguíneo volte ao normal.

“Tive o diagnóstico da doença em março deste ano. Desde então venho em uso de opioides fortes aguardando para poder realizar a cirurgia em São Paulo. Todos os cirurgiões do aparelho digestivo que passei em Teresina disseram que nunca realizaram cirurgia do meu caso em específico e que eu precisaria fazer com um cirurgião que já tivesse experiência, pois se trata de uma cirurgia muito delicada. Então me indicaram a fazer em São Paulo, pois seria mais fácil encontrar um cirurgião que já tivesse lidado com essa síndrome”, explicou Wanessa.

Foto: Reprodução/WhatsAppWanessa da Costa Machado
Wanessa da Costa Machado

Segundo Wanessa Machado, a cirurgia de urgência está avaliada em quase R$ 80 mil e por isso ela resolveu fazer uma campanha nas redes sociais para tentar conseguir o valor necessário para a intervenção.

“Tranquei a faculdade no 9º período, assim que descobri a síndrome e a necessidade de cirurgia. Por conta das dores e da alimentação prejudicada, não tinha como acompanhar mais. Agora estou pedindo ajuda para arrecadar o valor da cirurgia, que é muito cara, cerca de R$ 40 mil. Além disso, ainda tem o valor das diárias da sala cirúrgica, onde preciso ficar internada, que estão avaliados em R$ 36 mil”, completou Wanessa.

A estudante disponibilizou o PIX 86 998504307 em nome de sua mãe, Ivanilde Pereira da Costa, para quem quiser doar ou entrar em contato com ela.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.