Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Equatorial Piauí forma 4ª turma da Escola de Eletricistas em Teresina

A iniciativa da empresa, juntamente com o Senai, formou um grupo de 25 novos profissionais.

Rodrigo Mendes/ GP1 1 / 24 A Escola de Eletricistas é uma realização do E+ Profissional A Escola de Eletricistas é uma realização do E+ Profissional
Rodrigo Mendes/ GP1 2 / 24 Foram formados 13 homens e 12 mulheres Foram formados 13 homens e 12 mulheres
Rodrigo Mendes/ GP1 3 / 24 Formação da 4ª Turma da Escola de Eletricistas da Equatorial Formação da 4ª Turma da Escola de Eletricistas da Equatorial
Rodrigo Mendes/ GP1 4 / 24 O projeto Escola de Eletricistas conta com apoio do Senai O projeto Escola de Eletricistas conta com apoio do Senai
Rodrigo Mendes/ GP1 5 / 24 Os eletricistas estão aptos a atuarem no mercado piauiense e em todo Brasil Os eletricistas estão aptos a atuarem no mercado piauiense e em todo Brasil
Rodrigo Mendes/ GP1 6 / 24 A Escola de Eletricista capacita os profissionais com formação técnica A Escola de Eletricista capacita os profissionais com formação técnica
Rodrigo Mendes/ GP1 7 / 24 Kleyse Kelly, gerente de Gente e Gestão da Equatorial Kleyse Kelly, gerente de Gente e Gestão da Equatorial
Rodrigo Mendes/ GP1 8 / 24 Gerente de Gente e Gestão da Equatorial Gerente de Gente e Gestão da Equatorial
Rodrigo Mendes/ GP1 9 / 24 Um dos alunos formados na Escola de Eletricistas Um dos alunos formados na Escola de Eletricistas
Rodrigo Mendes/ GP1 10 / 24 Esta 4ª turma foi a que teve maior participação feminina Esta 4ª turma foi a que teve maior participação feminina
Rodrigo Mendes/ GP1 11 / 24 Foram 12 mulheres formadas no curso Foram 12 mulheres formadas no curso
Rodrigo Mendes/ GP1 12 / 24 Também foram formados 13 homens Também foram formados 13 homens
Rodrigo Mendes/ GP1 13 / 24 A formação ocorreu nesta sexta-feira (22) A formação ocorreu nesta sexta-feira (22)
Rodrigo Mendes/ GP1 14 / 24 Os profissionais estão habilitados em todas as normas regulamentadoras necessárias para atuar no setor elétrico Os profissionais estão habilitados em todas as normas regulamentadoras necessárias para atuar no setor elétrico
Rodrigo Mendes/ GP1 15 / 24 Heline Melo, gerente das Escolas do Senai em Teresina Heline Melo, gerente das Escolas do Senai em Teresina
Rodrigo Mendes/ GP1 16 / 24 Heline Melo Heline Melo
Rodrigo Mendes/ GP1 17 / 24 Heline Melo, gerente das escolas do Senai em Teresina Heline Melo, gerente das escolas do Senai em Teresina
Rodrigo Mendes/ GP1 18 / 24 Heline Melo, gerente das escolas do Senai em Teresina Heline Melo, gerente das escolas do Senai em Teresina
Rodrigo Mendes/ GP1 19 / 24 A Escola de Eletricista é regulamentada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) A Escola de Eletricista é regulamentada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)
Rodrigo Mendes/ GP1 20 / 24 Familiares dos alunos formados também estiveram presentes Familiares dos alunos formados também estiveram presentes
Rodrigo Mendes/ GP1 21 / 24 O curso durou 6 meses no Centro de Formação do Senai O curso durou 6 meses no Centro de Formação do Senai
Rodrigo Mendes/ GP1 22 / 24 Manoela Carneiro foi uma das alunas formadas no curso Manoela Carneiro foi uma das alunas formadas no curso
Rodrigo Mendes/ GP1 23 / 24 Solenidade de formação Solenidade de formação
Rodrigo Mendes/ GP1 24 / 24 Quarta turma da Escola de Eletricistas de 2023 Quarta turma da Escola de Eletricistas de 2023

A Equatorial Piauí realizou nesta sexta-feira (22), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), a formatura da quarta turma da Escola de Eletricistas 2023, em Teresina. Foram formados 25 novos profissionais, sendo 13 homens e 12 mulheres, que estão aptos a atuarem no mercado de trabalho, uma vez que estão habilitados em todas as normas regulamentadoras necessárias para atuar no setor elétrico.

A gerente de Gente e Gestão da Equatorial, Kleyse Kelly, representou no evento o presidente da Equatorial Piauí, Hélio Rafael. Em entrevista ao GP1, ela comentou que os principais objetivos da Escola de Eletricistas são qualificar a mão de obra, fomentar a empregabilidade no Piauí e capacitar os profissionais a atuarem em redes de distribuição de energia espalhadas por todo Brasil.

"Esse projeto da Escola de Eletricistas é um projeto de toda Equatorial. Aqui no Piauí é a quarta turma que estamos formando e a ideia é formar profissionais para o futuro, fomentar a empregabilidade no estado e em todos os estados onde o grupo Equatorial atua, e ter profissionais prontos e formados para atuarem no setor elétrico, aptos não só a atuarem no Piauí, como no Brasil todo", expressou Kleyse Kelly.


A formação a qual os alunos foram submetidos durante 6 meses no Centro de Formação do Senai também contou com educação socioemocional, conforme explicou Heline Melo, gerente das Escolas do Senai em Teresina.

"O Senai atuou com muita satisfação está junto com eles. Os alunos estão saindo formados como eletricistas de rede de distribuição não só com a formação técnica, profissional, mas também com conteúdos socioemocionais, com todos os cursos necessários para atuação como eletricista de rede. Então, os alunos estão de parabéns, a Equatorial está de parabéns por essa iniciativa, e o Senai também por fazer parte desse projeto tão importante", disse Heline Melo.

Turma com mais mulheres

Entre os 25 profissionais formados, 12 são mulheres, caracterizando essa quarta turma como a que teve maior participação feminina. Manoela Carneiro, que é uma das alunas formadas, atribuiu ao momento o sentimento que "é muito gratificante, porque eu faço parte dessa porcentagem de mulheres que estão no curso, não foi fácil, foi um curso muito intenso e estou honrada", expôs a aluna.

Por sua vez, o profissional David Silva Viana, que foi homenageado como um dos melhores alunos da turma, relatou como sendo enriquecedora a formação na Escola de Eletricistas. "Foi muito enriquecedor participar desse curso no Senai, que a empresa Equatorial disponibilizou o curso. Aprendemos muito no Centro de Formação do Senai, através da Equatorial que patrocinou todo o curso para a gente. Fiquei muito feliz em ter sido homenageado como um dos melhores alunos, não esperava essa homenagem e fiquei muito feliz com isso", manifestou o homem.

Escola de Eletricistas

A Escola de Eletricistas é uma realização do E+ Profissional, projeto do Programa de Eficiência Energética do Grupo Equatorial Energia e regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A plataforma E+ Profissional visa qualificar pessoas para o mercado de trabalho e promover a conscientização sobre o consumo consciente e segurança com o uso da energia elétrica.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.