Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Câmara Municipal aprova reajuste linear de 5% para servidores de Teresina

Trata-se de reajuste anual linear, que agora segue para apreciação da Prefeitura de Teresina.

A Câmara Municipal de Teresina (CMT) aprovou por unanimidade o reajuste anual linear de 5% sobre os vencimentos de servidores ativos e inativos do município. O projeto é de autoria da Prefeitura de Teresina e prevê que a correção monetária deve valer a partir de 1º de maio, caso sancionada pela gestão municipal.

No texto inicial do Projeto de Lei 52/2024 previa, nos 3º e 4º parágrafos do Art. 1º, a exclusão de algumas categorias, descaracterizando um reajuste linear. Mas, após emenda supressiva proposta pelo vereador Dudu (PT), derrubou-se a retirada dessas categorias.

Foto: Lucas Dias/GP1Câmara Municipal de Teresina
Câmara Municipal de Teresina

Estavam excluídas do reajuste: Analista de Gestão Pública; Analista de Orçamento e Finanças Públicas; Administrador; Administrador Hospitalar da FMS; Advogado da FMS; Guarda Civil Municipal de Teresina; Assistente Técnico Administrativo; Assistente Técnico Profissionalizante; Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias; além dos professores, psicólogos e psicopedagogos.


O presidente da CMT, vereador Enzo Samuel (PDT), explicou que, com a emenda, a Prefeitura está autorizada a dar o reajuste também às categorias antes excluídas, já que a autorização à gestão municipal é prerrogativa da Câmara.

Foto: Lucas Dias/GP1Enzo Samuel, presidente da Câmara Municipal
Enzo Samuel, presidente da Câmara Municipal

“O que a Câmara fez foi tirar essa obrigatoriedade de não dar o reajuste, ou seja, se a Prefeitura agora quiser dar o reajuste para essas categorias, ela pode, do jeito que o projeto estava, não podia. Então o que a Câmara fez foi essa correção e adequação”, disse o parlamentar pedetista.

A matéria segue para a sanção ou veto da Prefeitura de Teresina.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.