GP1

Piauí

Curso de formação de agente penitenciário do PI começa em janeiro

O curso de formação tem como objetivo preparar e qualificar tecnicamente os novos agentes para atuarem nos estabelecimentos penais sob duas diretrizes de trabalho: segurança e humanização.

O secretário de Justiça do Piauí, Daniel Oliveira, determinou para o dia 3 de janeiro de 2018 o início do curso de formação para o cargo de agente penitenciário.

O secretário designou comissão para a edição de todos os atos necessários para a organização do Curso de Formação de novos agentes penitenciários, que será presidida pelo Subsecretário de Estado de Justiça, Carlos Edilson Rodrigues Barbosa de Sousa, e contará ainda com o diretor da Academia de Formação Penitenciária do Estado do Piauí (ACADEPEN/PI), Jacinto Teles Coutinho, e o agente penitenciário Fagner Martins de Santana.

O curso acontece após a homologação do concurso público de Agentes Penitenciários - Edital nº 001/2016, publicada no Diário Oficial nº 196, de 20 de outubro de 2017, com o objetivo preparar e qualificar tecnicamente os novos agentes penitenciários para atuarem nos estabelecimentos penais sob duas diretrizes de trabalho: segurança e humanização.

O concurso

A primeira prova do concurso foi realizada no dia 18 de setembro de 2016, mas no mesmo dia algumas pessoas foram presas acusadas de fraude. O certame foi anulado e uma nova prova foi realizada no dia 19 de março deste ano. O presidente do Nucepe, Pedro Soares, explicou que o episódio foi superado e que as demais etapas ocorreram sem problemas.

“Tivemos intercorrências, mas foram devidamente contornadas, com a primeira etapa sendo reaplicada, com inserção da prova dissertativa que é um inibidor de mecanismos de transferência de gabarito. Tanto que o concurso transcorreu na maior lisura e após a primeira etapa, as demais tem apenas o caráter habilitatório e com o número definido de candidatos classificados. Dos 400 houve bastante reprovação na etapa do física e psicológica, de tal forma que o número resultante é de 316 candidatos”, explicou.

O concurso público foi feito para formação de cadastro reserva e os classificados serão convocados de acordo com a necessidade e disponibilidade financeira da Secretaria de Justiça. De acordo com a Sejus, os agentes penitenciários em início de carreira (3ª classe) terão remuneração inicial de R$ 5.966,14.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.