GP1

Piauí

Proprietário do restaurante Dona Maria é preso em Teresina

A equipe de fiscalização constatou furto de energia na empresa e auto-religação na residência do referido empresário.

Após mais uma ação realizada entre a Eletrobras Distribuição Piauí e o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), dois empresários foram presos por furto de energia elétrica, nas zonas sul e leste de Teresina. De acordo com informações repassadas ao GP1 pelo Delegado Laércio Evangelista, na região sul da capital foi preso o empresário identificado como Valdemar Luis de Mesquita, dono do supermercado VLM, no bairro Três Andares. Já na zona leste, o Greco prendeu Francisco das Chagas Sousa, mais conhecido como 'Chicão', proprietário do Restaurante Dona Maria, localizado no bairro Ininga. As prisões ocorreram na tarde da última quinta-feira (16).

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1 Restaurante Dona MariaRestaurante Dona Maria

De acordo com a assessoria da Eletrobras, a equipe de fiscalização constatou furto de energia na empresa e auto-religação na residência do empresário 'Chicão'. “O fornecimento de energia na residência dele havia sido suspenso com a retirada do medidor pela Eletrobras, devido à inadimplência, mas ele fez ligação direta na rede da Distribuidora”, informou Adriana Braga, do departamento de Fiscalização e Combate às Perdas do órgão. 

No caso do Supermercado VLM, na zona sul, foi encontrado um medidor adulterado em um ponto comercial onde a energia furtada daria para abastecer, em média, 1.600 unidades consumidoras em um mês. “Os prejuízos gerados por esses crimes comprometem a capacidade de investimento da concessionária e a própria qualidade do fornecimento de energia para os demais consumidores”, ressaltou o gerente de Fiscalização Engenharia e Operação da Medição, Renan Carvalho. 

Os empresários foram encaminhados para a sede da Greco e devem responder pelo crime de furto previsto no art. 155, do Código Penal Brasileiro, sendo que o comerciante deve ser indiciado por furto qualificado devido à fraude no medidor. Desde o início deste ano, já são 15 prisões por furto de energia elétrica na capital.

Outra prisão

Durante a ação do Greco e da Eletrobras realizada nesta sexta-feira (17), um morador identificado apenas como Evandro de Souza Sobrinho também foi preso por furto ilegal de energia. Ele havia feito uma ligação irregular e estava consumindo, sendo que a quantidade utilizada não era registrada pelo contador da energia elétrica.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.