GP1

Piauí

Governo do Piauí vai fazer auditoria na folha de pagamento

Auditoria vai detectar eventuais pagamentos em duplicidade, pagamento indevido de pensões a pessoas falecidas e acumulação indevida de cargos.

A folha de pagamento dos servidores do Estado do Piauí vai passar por uma rigorosa auditoria.

A governadora em exercício Regina Sousa baixou decreto n°18.100, de 30 de janeiro de 2019, criando o grupo de trabalho de auditoria da folha de pagamento.

Nos argumentos para a criação do grupo, a necessidade de compatibilizar as despesas estimadas para o exercício 2019, a fim de assegurar o equilíbrio econômico financeiro; necessidade de atendimento dos princípios constitucionais da legalidade e eficiência e a previsão de alteração e modernização do sistema de gestão de pessoas do Estado do Piauí, necessitando de migração de dados confiáveis e fidedignos para o novo sistema.

O grupo será composto por seis membros, representando a Secretaria de Estado da Fazenda, Procuradoria Geral do Estado, Secretaria de Administração e Previdência, Secretaria de Governo, Agência de Tecnologia da Informação e Controladoria Geral do Estado.

Cabe ao grupo, dentre outras atribuições, estabelecer parâmetros e regras para as rubricas implantadas no novo sistema de folha de pagamento, visando garantir a compatibilidade dos valores recebidos pelos servidores com as normas constitucionais.

Em outras palavras, a folha de pagamento vai passar por um pente fino, para detectar eventuais pagamentos em duplicidade, pagamento indevido de pensões, pagamentos a pessoas falecidas e acumulação indevida de cargos.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.