GP1

Piauí

'Considero a postura do governo ruim', diz Gleisi sobre óleo em praias

“Sobre o turismo, o que está acontecendo com as nossas praias, eu considero a postura do Governo Federal muito ruim, pois demoraram 40 dias [para se pronunciar]", disparou a deputada federal.

Quase dois meses depois do aparecimento das primeiras manchas de óleo em praias do Nordeste, já foram recolhidos aproximadamente 300kg do líquido na forma de óleo bruto e resíduos contaminados no litoral piauiense. O presidente Jair Bolsonaro tem sido alvo constante de críticas acusado de não se posicionar no sentido de solucionar o problema.

Em Teresina, nesta sexta-feira (25), onde participa de evento político, a deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, se juntou ao “coro” dos que criticam a falta de atitude de Bolsonaro.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Gleisi Hoffmann Gleisi Hoffmann

“Sobre o turismo, o que está acontecendo com as nossas praias, eu considero a postura do Governo Federal muito ruim, pois demoraram 40 dias [para se pronunciar], nós tínhamos um plano de contingências feito no governo Dilma para desastres naturais, vazamentos de óleo e eles não tomaram nenhuma medida, não colocaram boias de contenção, nada”, disparou Gleisi.

Para a deputada, os governos estaduais estão por conta própria no combate a esse problema ambiental. “Pelo visto quem está enfrentando esse problema são os governos estaduais e a própria população que está indo lá, tentando limpar a praia. Esse fato para a imagem do Piauí é muito ruim, como foi a queima da Amazônia”, afirmou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

No Piauí, Gleisi Hoffmann apresenta proposta de combate ao desemprego

Semar recolhe quase 300kg de óleo nas praias do estado do Piauí

Deputados protocolam pedido para CPI sobre óleo no Nordeste

Wellington critica demora para solucionar problema de óleo em praias

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.