GP1

Piauí

Corso de Teresina vai contar com câmeras de segurança

De acordo com o major Audivan Nunes, serão instaladas pelo menos 10 câmeras que vão auxiliar as forças de segurança espalhadas pela avenida.

Na manhã desta segunda-feira (11) foi realizada uma visita técnica na Avenida Raul Lopes, próximo ao estacionamento da Ponte Estaiada, onde ficará localizado o Centro Integrado de Segurança do Corso de Teresina 2019.

De acordo com o comandante da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, major Audivan Nunes, serão instaladas câmeras que vão auxiliar as forças de segurança espalhadas pela avenida.

“Nós fazemos essa visita técnica exatamente para definir os locais de segurança, os elevados, o funcionamento do centro integrado, os pontos estratégicos onde vão funcionar o Samu, a Polícia Militar, a Polícia Civil e isso faz parte do planejamento estratégico. Somente na avenida serão instaladas 10 câmeras, mas nós vamos colocar mais algumas delas voltadas para a Marechal Castelo Branco e pegar outras que já existem na região”, pontuou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Capitão Audivan NunesMajor Audivan Nunes

O Corso, que acontece no dia 23 de fevereiro, contará com cerca de mil agentes de segurança no policiamento ostensivo e reservado, com uso de 20 elevados de observações distribuídos em toda a avenida, com emprego da Cavalaria, motocicletas, viaturas, auxílio de 10 câmeras de vigilância e drones.

No Centro Integrado de Segurança terá atendimento da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros com registro de boletins de ocorrências e TCO - termo circunstanciado de ocorrências.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.