GP1

Piauí

Acusado de matar companheira no Torquato Neto vira réu na Justiça

A decisão da juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, foi dada no dia 11 de junho.

A juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, recebeu denúncia do Ministério Público do Estado contra Antuniel Alves de Sousa acusado de matar a companheira Lorrany Thalya dos Santos Costa com várias facadas em maio deste ano. A decisão foi dada no dia 11 de junho.

A magistrada destacou que a denúncia se encontra instruída com prova da materialidade do fato tal como recognição visuográfica em local de morte violenta e declaração de óbito da vítima e que a autoria atribuída ao acusado encontra indícios nos depoimentos acostados aos autos.

  • Foto: Facebook/LorranyLorranyLorrany

O crime

Lorrany Thalya, 22 anos, foi assassinada com várias facadas pelo companheiro identificado como Antuniel, de 24 anos, na noite de 3 de maio, dentro de um apartamento no Residencial Torquato Neto IV, na zona sul de Teresina.

Antuniel ainda tentou cometer suicídio com uma facada no peito, no entanto ele foi levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e sobreviveu.

Lorrany deixou uma filha de 2 anos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Corpo de jovem morta no Torquato Neto é velado em Nazária

Jovem de 22 anos é morta a facadas pelo companheiro no Torquato Neto

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.