GP1

Piauí

Iate Clube emite nota de pesar pela morte de Adélman Villa

Adélman Villa foi um dos sócios-fundadores do clube e era membro do Conselho Consultivo da atual gestão.

A diretoria do Iate Clube de Teresina emitiu nota de pesar pelo falecimento do advogado Adélman de Barros Villa, que morreu na manhã desta segunda-feira (09), aos 92 anos em Teresina. Adélman Villa foi um dos sócios-fundadores do clube e era membro do Conselho Consultivo da atual gestão.

“É com extremo pesar que o Iate Clube de Teresina lamenta profundamente o falecimento de Adelman de Barros Villa, um dos sócios-fundadadores do nosso clube e membro do Conselho Consultivo da atual gestão, na manhã desta segunda-feira, dia 09 de novembro”, diz um trecho.

E? com extremo pesar que o Iate Clube de Teresina lamenta profundamente o falecimento de Adelman de Barros Villa, um dos so?cios-fundadores do nosso clube e membro do Conselho Consultivo da atual gesta?o, na manha? desta segunda-feira, dia 09 de novembro.? ? Frisamos a importa?ncia de Dr. Adelman, que foi um homem de extrema importa?ncia para o Iate Clube, seus amigos e familiares, pela sua forma correta de se posicionar, por ser um homem admira?vel e digno de todas as homenagens e aplausos dos so?cios do nosso clube.? ?? Cientes da miserico?rdia divina, deixamos nossas mais sinceras condole?ncias aos familiares e amigos por esta inestima?vel perda.?#notadepesar #iateclubedeteresina

A post shared by Iate Clube de Teresina (@iateclubedeteresinaoficial) on

Na nota, a diretoria ressaltou a contribuição de Adélman Villa para a história do Iate Clube. “Frisamos a importância de Dr. Adelman, que foi um homem de extrema importância para o Iate Clube, seus amigos e familiares, pela sua forma correta de se posicionar, por ser um homem admirável e digno de todas as homenagens e aplausos dos sócios do nosso clube”.

Por fim, a diretoria do clube estendeu votos de solidariedade aos familiares e amigos de Adélman Villa. “Cientes da misericórdia divina, deixamos nossas mais sinceras condolências aos familiares e amigos por esta inestimável perda”, finaliza o texto.

Adélman de Barros Villa, além de advogado, foi professor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), assessor jurídico da reitoria da mesma instituição e Procurador do Estado do Piauí. Deixa duas filhas, a delegada Eugênia Villa e a procuradora federal Ana Maria Villa e um neto, o advogado Lucas Villa, ex-vice presidente da OAB Piauí.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Advogado Adélman de Barros Villa morre aos 92 anos em Teresina

OAB do Piauí lamenta morte do advogado Adélman de Barros Villa

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.