GP1

Piauí

MPF quer condenação do ex-prefeito Padre Domingos por peculato

Também é alvo da ação penal o empresário Vanderlei Lima Aguiar.

Está conclusa para sentença na Justiça Federal a ação penal que pede a condenação do ex-prefeito de Domingos Mourão/PI, Domingos José Rodrigues Cavaleiro, mais conhecido como “Padre Domingos”, e do empresário Vanderlei Lima Aguiar, acusados de irregularidades na aplicação de verbas públicas oriundas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do convênio PAC 201463/2011que tinha como objeto a construção de uma creche pró-infância Tipo C.

Segundo o MPF, as irregularidades dizem respeito à discrepância entre o valor repassado à construtora com o valor efetivamente gasto pela empresa para construção da obra, que gerou um prejuízo de R$ 86.430,91 aos cofres públicos.

“As provas documentais evidenciam a materialidade delitiva e autoria do crime imputado na denúncia. Os fatos e provas que embasaram o oferecimento da ação em nenhum momento foram elididos pelos acusados”, diz o MPF.

Padre Domingos e Vanderlei Lima Aguiar são acusados dos delitos tipificados no art. 1°, incisos I e II, do Decreto Lei 201/67 e apresentaram nesta quarta-feira (26), suas alegações finais. Caso sejam condenados poderão pegar de 2 a 12 anos de cadeia e multa.

Outro lado

O ex-prefeito e o empresário não foram localizados pelo GP1.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.