GP1

Piauí

Conselheiros tutelares cobram nomeação da Prefeitura de Teresina

Por meio de nota, a Semcaspi alegou que a Prefeitura de Teresina ainda está o prazo de nomeação, que se encerra no dia 20 de janeiro.

O GP1 recebeu denúncia nesta quarta-feira (13) de que 25 conselheiros tutelares de Teresina estão sem nomeação desde o dia 31 de dezembro de 2020, quando foram exonerados pelo ex-prefeito Firmino Filho (PSDB). Mesmo com a nova gestão de Dr. Pessoa (MDB), na Prefeitura da Capital, nenhum foi nomeado ainda.

Segundo o conselheiro tutelar Ivan Cabral, mesmo sendo eleitos pela população teresinense para assumirem os mandatos até 2024, os conselheiros tutelares são nomeados como comissionados e com a exoneração, esses profissionais que atuam a favor dos direitos da criança e do adolescente, estão sem poder trabalhar.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Prefeitura de Teresina Piauí
Prefeitura de Teresina Piauí

“A informação que chega ao conhecimento dos 25 conselheiros de Teresina é que desde o dia 31 de dezembro de 2020 nós fomos exonerados e até essa data de hoje os conselheiros permanecem sem a sua nomeação. O contracheque diz que somos cargos comissionados, mas há uma diferença porque fomos eleitos pelo povo para o mandato de quatro anos, que vai até o dia 10 de janeiro de 2024. A atual gestão precisa fazer, com urgência, a nomeação dos 25 conselheiros tutelares de Teresina, porque a criança, o adolescente e a sociedade não quer saber se foi culpa da gestão anterior ou da atual gestão. A sociedade tem o direito, garantido no Eca, que há prioridade. Ou seja, o prefeito precisa fazer imediatamente a nomeação dos 25 membros do Conselho Tutelar de Teresina”, disse.

O que diz a Semcaspi

Quando são nomeados, os conselheiros atuam pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI). Por meio de nota, a Semcaspi alegou que a Prefeitura de Teresina ainda está o prazo de nomeação, que se encerra no dia 20 de janeiro.

Confira nota na íntegra

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), esclarece que há um prazo estipulado para que os conselheiros tutelares de Teresina sejam nomeados. O prazo para que ocorra a nomeação dos conselheiros tutelares é até o dia 20 de janeiro de 2021, o que representa que ainda estamos dentro dos trâmites legais.

A exoneração seguida da nomeação dos conselheiros tutelares é um procedimento que ocorre anualmente, independente de mudança de gestão. Até porque a nomeação dos conselheiros tutelares é distinta da dos demais servidores, já que eles possuem uma portaria própria, portanto, não perde o seu efeito. Os conselheiros tutelares, que estão com seus mandatos vigentes, são os que foram eleitos por votação popular em 2019 e seguem em suas funções até o ano de 2024.

A equipe da Semcaspi visitou os conselheiros tutelares na última segunda-feira, 11, para ouvir as demandas dos conselheiros tutelares, em prol de melhorias na estrutura física dos prédios e também quanto à segurança. O que reforça a preocupação da Prefeitura de Teresina em melhorar as condições de trabalho dos servidores e do atendimento ao público.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.