GP1

Piauí

Moradores ficam sem energia por 12h no bairro Morada do Sol

Uma equipe da Equatorial Piauí esteve no local pela manhã e restabeleceu o fornecimento de energia elétrica da região às 10h.

Alef Leão/GP1 Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil
Alef Leão/GP1 CAPS CAPS
Alef Leão/GP1 Falta de energia prejudica trabalho do Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil em Teresina Falta de energia prejudica trabalho do Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil em Teresina
Alef Leão/GP1 Alicia Aparecida Alves Silva Alicia Aparecida Alves Silva
Alef Leão/GP1 Rui Jaques, servidor do CAPS Rui Jaques, servidor do CAPS
Alef Leão/GP1 Rua Gonçalves está sem energia Rua Gonçalves está sem energia
Alef Leão/GP1 Equipe da Equatorial esteve realizando reparos Equipe da Equatorial esteve realizando reparos
Alef Leão/GP1 Equipe da Equatorial realizando reparos na zona Leste de Teresina Equipe da Equatorial realizando reparos na zona Leste de Teresina
Alef Leão/GP1 Rua Lucí Albuquerque esteve sem energia elétrica Rua Lucí Albuquerque esteve sem energia elétrica
Alef Leão/GP1 Equipe Equatorial Equipe Equatorial
Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil
CAPS
Falta de energia prejudica trabalho do Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil em Teresina
Alicia Aparecida Alves Silva
Rui Jaques, servidor do CAPS
Rua Gonçalves está sem energia
Equipe da Equatorial esteve realizando reparos
Equipe da Equatorial realizando reparos na zona Leste de Teresina
Rua Lucí Albuquerque esteve sem energia elétrica
Equipe Equatorial

Os moradores de várias ruas do bairro Morada do Sol, zona leste de Teresina, ficaram sem energia por exatamente 12 horas, desde o início da chuva registrada ainda na noite dessa segunda-feira (18), na Capital. Uma equipe da Equatorial Piauí esteve no local pela manhã e restabeleceu a distribuição de energia da região às 10h desta segunda.

Em entrevista ao GP1, a médica Alicia Aparecida Alves Silva afirmou que o serviço foi interrompido por volta de 22h dessa segunda. Ela ressaltou que tem uma filha com problemas neurológicos e que necessita de aparelhos, além de refrigeração adequada para armazenamento de insulina.

“Eu moro no bairro Morada do Sol desde 1985, e todas as vezes temos esse problema, mas agora ficou pior depois da Equatorial. No Réveillon nós ficamos 49h sem energia e desde ontem estamos sem energia, por volta de 22h. O meu problema maior é porque nós dependemos de energia, porque tenho uma filha com problema neurológico que precisa de aparelho para dormir e ainda usa insulina. Então eu fico sem ter refrigeração para a insulina e sem ela ter como dormir com o aparelho, que a prejudica muito com relação a oxigenação”, disse a médica.

O Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil do bairro Morada do Sol, localizado na Rua Coronel César, também foi afetado pela falta de energia. O funcionário Rui Jaques reclamou que pouco tempo antes da chuva o fornecimento foi interrompido.

“Estamos sem energia desde as 22h de ontem à noite, atendemos crianças que possuem problemas mentais e agora mesmo a gente está com o serviço parado, atendendo sem nenhuma condição adequada. Os médicos estão trabalhando com a janela aberta por conta da falta de energia. Ontem à noite foi uma chuva tranquila, normal, não teve relâmpagos e nem ventos fortes, mas faltou energia. No dia 31 de dezembro do ano passado, a gente teve que retirar a carne do CAPS e levar para um abrigo para não perder a carne que estava no depósito”, pontuou.

Preocupada, a médica Alicia Aparecida fez um apelo à Equatorial Piauí, a fim de diminuir os impactos das recorrentes interrupções no fornecimento de energia. “Tenham mais respeito com a gente, mais eficiência. Como médica e como profissional de saúde me veio à cabeça de como está a conservação das vacinas, eu sou do grupo de risco e a conservação das vacinas me deixa preocupada”, finalizou.

Outro lado

Procurada pelo GP1, a Equatorial Piauí divulgou uma nota esclarecendo que diversos galhos de uma árvore localizada em um imóvel particular atingiram a rede de distribuição de energia. Uma equipe da Equatorial Piauí esteve no local pela manhã realizando reparos na rede e restabeleceu a distribuição de energia da região às 10h desta segunda.

Confira a nota na íntegra

A Equatorial Piauí esclarece que a reclamação registrada para esta área no bairro Morada do Sol, é de 1h19 de hoje (19). Equipes da Distribuidora constataram que, em função da chuva com ventos ocorrida na noite de ontem (18), diversos galhos de uma árvore localizada em imóvel particular atingiram a rede de distribuição na região e, por se tratar de serviço complexo, foi concluído às 10h, com restabelecimento do fornecimento.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.