GP1

Piauí

IBGE lança seletivos com mais de 3 mil vagas para o Piauí

Ao todo, são 181.898 vagas para a função de Recenseador, 5.450 vagas para a função de Agente Censitário Municipal e 16.959 vagas para Agente Censitário Supervisor.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou dois processos seletivos, nesta quinta-feira (18), para a contratação de recenseador e agente censitário para a coleta de dados do Censo Demográfico 2021. Das mais de 200 mil vagas disponibilizadas, 3.043 serão distribuídas entre todos os municípios do Piauí.

Clique aqui e confira o quadro de vagas por município

Ao todo, são 181.898 vagas para a função de Recenseador com remuneração por produção, de acordo com o número de domicílios visitados e questionários respondidos, 5.450 vagas para a função de Agente Censitário Municipal com salário de R$ 2.100 e 16.959 vagas para a função de Agente Censitário Supervisor com remuneração de R$ 1.700.

As vagas para o Piauí estão divididas em dois cargos. É exigido ensino fundamental completo para o cargo de recenseador e ensino médio para agente censitário supervisor. Os melhores colocados para o cargo de ACS serão escolhidos para atuarem como agentes censitários municipais (ACMs). Além disso, os aprovados recebem 13º salário e férias proporcionais aos dias trabalhados.

As inscrições para as vagas de recenseador vão iniciar às 10 horas da próxima terça-feira (23) e seguem até às 23 horas e 59 minutos de 19 de março e podem ser feitas pelo site http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_ recenseador. A taxa de inscrição é de R$ 25,77.

Já para as vagas de agente censitário municipal e agente censitário supervisor, as inscrições começam às 10 horas desta sexta-feira (19) e vão até às 23 horas e 59 minutos de 15 de março pelo site http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_agente. A taxa de inscrição é de R$ 39,49.

Provas

As provas serão aplicadas em abril e o resultado final será divulgado em maio. A aplicação ocorrerá em todos os municípios com vaga para a função desejada, seguindo os protocolos de biossegurança necessários durante a pandemia.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.