GP1

Piauí

Governo pede à Alepi autorização para empréstimos no valor de R$ 697 milhões

As duas mensagens solicitando autorização dos empréstimos foram lidas em sessão plenária nesta quinta.

Os deputados da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovaram nesta quinta-feira (05), por unanimidade, a tramitação de dois pedidos de empréstimos realizados pelo Governo do Estado, que juntos totalizam R$ 697 milhões.

As duas mensagens enviadas solicitando autorização dos empréstimos foram lidas em sessão plenária e após requerimentos do deputado estadual Francisco Costa (PT), líder do Governo, os demais parlamentares aprovaram que as tramitações dos pedidos sigam em regime de urgência.

Foto: Lucas Dias/GP1Plenário da Alepi
Plenário da Alepi

Valores dos pedidos

A Mensagem nº 41, trata do crédito de R$ 97 milhões, junto ao Banco de Brasília e pretende dar continuidade ao programa de investimentos para resolução dos problemas mais graves verificados na malha rodoviária do Estado, em especial nas rodovias que ainda apresentam pavimento danificado pela ação do tempo e pelas chuvas, bem como para implantação de pavimentação em trechos ainda carentes. Os recursos do empréstimo, portanto, serão destinados, exclusivamente, segundo o governo, à construção, restauração e conservação de rodovias piauienses.

A Mensagem n° 42 diz que o crédito de R$ 600 milhões, junto ao Banco Itaú, serão aplicados em ações de infraestrutura e aporte de capital em empresas estatais, integrantes do plano plurianual e do orçamento geral do Estado, observada a legislação vigente, visando dar continuidade ao Programa desenvolvimento Social e Econômico do Estado do Piauí (PRO Piauí), abrangendo investimentos nos 224 municípios do Estado, em consonância com o Plano Plurianual 2020/2023, aprovado pela Lei nº 7.326, de 30 de dezembro de 2019.

“As ações promovidas nas áreas de infraestrutura, saúde, segurança e assistência social possibilitaram que a crise que afeta trabalhadores, empresários e consumidores fosse menos intensa e persistente do que no início da pandemia. Não obstante, é certo que a pandemia continua a representar um obstáculo à retomada mais forte da atividade econômica. Dentro dessa perspectiva, é imperioso que o Estado, pautado pelo mandamento constitucional de zelar pelo interesse geral da sociedade, reforce e expanda as ações do Pró Piauí”, justifica o Projeto de Lei do Governo do Estado.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.