GP1

Piauí

Wellington Dias e Cruz Vermelha entregam cartões de alimentação a famílias

O evento aconteceu no pátio da Igreja Sagrado Coração de Jesus, na Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina.

Foi realizada, na manhã desta segunda-feira (27), lançamento do Projeto de Apoio a Segurança Alimentar da Cruz Vermelha. O evento aconteceu no pátio da Igreja Sagrado Coração de Jesus, na Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina, e contou com as presenças do governador Wellington Dias, do prefeito Dr. Pessoa, do secretário Rafael Fonteles, da vice-governadora Regina Sousa e representares da Cruz Vermelha.

O projeto vai entregar tíquete de R$ 400,00 para 618 famílias de Teresina para a compra de alimentos. “A Cruz Vermelha assim como outras entidades como Mais Amor tem milhares de voluntários em Teresina e no Piauí e a partir de um gesto como esse, onde 618 famílias são beneficiadas com um cartão com dinheiro que vai garantir as condições dessas pessoas poderem comprar alimentação para os próximos meses”, afirmou o governador Wellington Dias.

“Estamos integrados com o município e entidades na perspectiva da gente enfrentar essa crise, é claro que tem que dar o peixe, mas tem que ter a preocupação de ensinar a pescar e com a Cruz Vermelha estamos trabalhando para uma base ser instalada no Piauí voltada para um trabalho mais completo nessa direção”, completou Wellington Dias.

O prefeito Dr. Pessoa destacou a importância do trabalho realizado pela Cruz Vermelha no combate à pobreza. “A Cruz Vermelha atua no sentindo humanitário em ‘n’ países do mundo, no Brasil ela atua em 21 estados. Ela educa, mas também leva, principalmente, no período de instabilidade social algo para amenizar a situação. É uma entidade séria, humana e que tem esse leque de ações”, declarou.

“A pandemia fez as pessoas, empresas, entidades se mobilizarem mais em prol de ajudar quem mais precisa, principalmente, na questão da segurança alimentar, foram muitas pessoas que se mobilizaram e que por isso o Brasil não foi uma catástrofe. E a Cruz Vermelha faz parte dessas entidades que se mobilizaram. A gente só tem a agradecer a Cruz Vermelha. O estado entrou com a logística para receber a cruz vermelha, fizemos contatos, organizamos a equipe, cadastramos as pessoas”, explicou a vice-governadora Regina Sousa.

O secretário estadual da Fazenda, Rafael Fonteles, elogiou a iniciativa da Cruz Vermelha e destacou que o momento é de união. “Sem dúvidas um gesto concreto da Cruz Vermelha no Brasil. São 618 famílias, R$ 400, que se somam a outras ações do Governo do Estado, da Prefeitura de Teresina e de várias organizações sociais como a Mais Amor, da Vila Irmã Dulce. É um momento de muita fraternidade porque a pandemia atinge a todos, mas não é de forma igual, os mais vulneráveis sofrem mais, portanto essa solidariedade deve ser objetivo não só do poder público, mas também da iniciativa privada”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.