Fechar
GP1

Piauí

Governo do Piauí anuncia pagamento de bonificação a professores

O governo anunciou que serão pagos mais de R$ 20 milhões em bonificação e gratificações neste mês.

O Dia do Professor é comemorado neste domingo, 15 de outubro, e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), anunciou que pagará, neste mês de outubro, mais de R$ 20 milhões em bonificação e gratificações para a categoria.

Conforme o secretário de Estado da Educação do Piauí, Washington Bandeira, deverão ser pagos R$ 19 milhões referentes à segunda bonificação quadrimestral do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) a 27.050 profissionais da Educação Básica da Rede Pública Estadual de Ensino. “Em maio deste ano o governador Rafael Fonteles anunciou que a bonificação do Fundeb seria paga quadrimestralmente e não apenas no final do ano. Essa foi uma iniciativa inédita e a primeira bonificação no valor total de R$ 17 milhões foi paga no mês de julho. E agora a segunda bonificação neste mês de outubro”, detalhou o secretário.

Além disso, a Seduc irá pagar mais de R$ 479 mil com a implantação a partir deste mês da gratificação do tempo integral para 362 professores das equipes gestoras das 104 novas escolas desse modelo implantadas neste ano.


Também 843 professores que exercem as funções de diretor, coordenador e secretário nas escolas de tempo parcial terão suas gratificações reajustadas neste mês, um investimento mensal de mais de R$ 109 mil.

Outra frente de valorização dos professores está nas ações de formação continuada e de incentivo à participação dos professores nas ações do Acelera Seduc. Somente neste mês de outubro, mais de 1.500 professores serão beneficiados com o pagamento de bolsas do projeto Recomposição da Aprendizagem, investimento no valor total de R$ 1.455.320,00. “Dentro do Recomposição da Aprendizagem os professores de Língua Portuguesa e Matemática de algumas escolas que se destacam no Ideb recebem uma bolsa para capacitar e apoiar os colegas daquelas escolas que precisam melhorar o desempenho. Essa estratégia, dentre outras ações, ajuda a atender às necessidades dos nossos profissionais e da comunidade escolar como um todo, com foco total na aprendizagem dos estudantes”, explica Bandeira.

Para o secretário, essas ações representam o compromisso do governador Rafael Fonteles com a valorização dos profissionais da Educação. “Só nessa gestão já foram pagos mais de R$ 190 milhões de rateio do Fundef e cerca de R$ 220 milhões a título de Fundeb. E agora temos a Lei que nos permitirá premiar todos os profissionais das 50 escolas com melhor desempenho no Ideb com uma espécie de 14º salário. O reconhecimento do trabalho dos profissionais da educação nos levará ao nosso objetivo maior, que é tornar o Piauí uma referência nacional de qualidade educacional , gerando mais e melhores oportunidades aos nossos estudantes”, finalizou o secretário.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.