Fechar
GP1

Piauí

Marcha para Jesus se torna Patrimônio Cultural Imaterial do Piauí

Gessivaldo Isaías agradeceu nesta terça-feira (21) a sanção da lei hoje na tribuna da Alepi.

Foi sancionada na semana passada pelo governador Rafael Fonteles (PT) a lei nº 8.123/2023, que declara a Marcha para Jesus como Patrimônio Cultural de natureza imaterial do Estado Piauí, o projeto de lei foi apresentado na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) pelo deputado Gessivaldo Isaías (Republicanos).

Gessivaldo Isaías agradeceu nesta terça (21) a sanção da lei na tribuna da Alepi. “Quero agradecer esta casa e ao governador pela sanção que tornou a Marcha para Jesus patrimônio cultural do nosso estado. Ressalto aqui a contribuição da Aliança dos Pastores, do Apóstolo Soares, Pastor Luis Gonzaga e de todos os pastores e denominações que fazem esse evento acontecer no Piauí”, destacou o parlamentar.

Foto: Divulgação/AscomGessivaldo Isaias
Gessivaldo Isaias

A Marcha para Jesus é um evento que acontece no mundo inteiro e, em Teresina, já estamos na 22ª edição. A finalidade é reunir as igrejas, sem placa denominacional, para orar pela cidade, pelas autoridades e pelas famílias.

A Marcha para Jesus é um dos maiores eventos cristãos a céu aberto do mundo. O evento reafirma os princípios cristãos como referência da sociedade ocidental e proclama o amor de Deus sobre a vida das pessoas. A primeira Marcha para Jesus, denominada March For Jesus, aconteceu em 1987, na cidade de Londres, no Reino Unido. No ano de 1993, chegou ao Brasil, sendo realizada em São Paulo. Passou a integrar o calendário oficial do Brasil em setembro de 2009, quando a Lei Federal 12.025 foi sancionada.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2023 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.