Fechar
GP1

Piauí

Governo do Piauí vai inaugurar a 1º Unidade Pública de AVC no HGV

Serão 10 leitos e uma equipe especializada para atender os pacientes que foram vítimas de AVC.

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, vai inaugurar na segunda-feira (12), no Hospital Getúlio Vargas (HGV), a primeira unidade pública para tratamento de Acidente Vascular Cerebral (AVC). São 10 leitos e uma equipe especializada para atender os pacientes vítimas de AVC. A solenidade acontece às 8h.

A equipe será composta de sete neurologistas, sete clínicos gerais, médicos endovasculares, enfermeiras, fisioterapeutas e fonoaudiólogos.

Para a diretora-geral do HGV, Nirvania Carvalho, o serviço beneficiará todo o Piauí. “Esse é mais um serviço que o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde, disponibiliza para o HGV que vai beneficiar todo o estado”, afirmou.


O coordenador da Linha de Cuidados do AVC no Estado, Romilto Pacheco, ressalta que é um momento histórico, pois será um espaço exclusivo dentro do maior hospital estadual, onde os pacientes receberão um tratamento mais completo e integrado.

“Além disso, a capital contará com uma rede de apoio de outras unidades com o suporte de uma equipe multidisciplinar e tecnologias avançadas. Essa rede de apoio é fundamental para que possamos oferecer um atendimento de excelência aos pacientes, especialmente em casos mais complexos e de alta gravidade”, explicou o neurointervencionista.

Romilto acrescentou que os primeiros resultados nos hospitais regionais foram consolidados de forma positiva. “Em seis meses do início das Linhas de Cuidado, já foram atendidos 1.200 pacientes com AVC e Infarto Agudo do Miocardio (IAM) em todo o estado, sendo que 220 receberam o medicamento chamado trombolítico, que desentope o vaso da cabeça e do coração”, lembrou.

O secretário de Saúde, Antonio Luiz, destacou o alto padrão dos serviços oferecidos pelo HGV. “Isso significa que teremos cada vez mais piauienses atendidos com o mais alto padrão de assistência, o que certamente resultará em redução de mortes e de sequelas”, afirmou.

Para o superintendente de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Dirceu Campelo, o Piauí segue avançando no tratamento de AVC. “Estamos avançando a passos largos no tratamento do AVC em nosso estado e essa Unidade de AVC é um marco nessa jornada”, destacou.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.