Fechar
GP1

Piauí

Equatorial Piauí começa a cobrar taxa para usuários de energia solar

Os consumidores passarão a arcar com a distribuição e transmissão na rede de energia elétrica.

A partir de junho, a Equatorial Piauí passará a cobrar uma taxa de distribuição da rede de energia elétrica para os consumidores que aderiram à energia solar, na modalidade de geração distribuída após 07 de janeiro de 2023. Para aqueles que fizeram o pedido antes dessa data, têm direito à isenção até 2045.

Outras concessionárias que realizam a distribuição de energia elétrica também passarão a cobrar sobre a distribuição e transmissão na rede, seguindo regulamentação da Associação Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Vale ressaltar que essa taxa varia conforme o consumo de cada unidade.

Foto: ReproduçãoSaiba como identificar a parcela na conta de energia
Saiba como identificar a parcela na conta de energia

Mesmo com a nova cobrança, ainda será aplicada à fatura a compensação de energia gerada e injetada na rede de distribuição, normalmente utilizada para abater o consumo. Segundo a Equatorial Piauí, será pago apenas o uso da TUSD Fio B e TUSD Fio A, ambos referentes à rede de distribuição e transmissão, respectivamente.

Essa nova mudança na forma de faturamento começou a valer a partir do dia 01 de junho de 2024. Para mais informações, a concessionária disponibilizou o link https://al.equatorialenergia.com.br/sua-conta/mini-e-micro-geracao/, onde é possível visualizar como funcionará a nova forma de compensação.


Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.