GP1

Polícia

Anamelka destaca ação contra importunação sexual no Corso de Teresina

A Secretaria de Segurança seguiu realizando o monitoramento no evento para identificar os casos e em seguida autuar em flagrante os possíveis suspeitos.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí (SSP-PI) realizou neste sábado (15) a campanha “Abusa não, o corpo é meu, decido eu” contra os casos de importunação sexual que pudessem ocorrer durante o evento.

De acordo com subsecretária de Segurança Pública, delegada Anamelka Cadena, a equipe do órgão seguiu realizando o monitoramento no evento para identificar os casos e em seguida autuar em flagrante os possíveis suspeitos.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegada Anamelka CadenaDelegada Anamelka Cadena

“Estamos com a equipe distribuindo os informativos sobre a importunação sexual, temos os policiais e é importante que as pessoas possam ajudar, identificar, caso ocorra um beijo forçado, um toque em uma parte íntima do corpo, que são práticas que caracterizam a importunação sexual. Estaremos aqui para conduzir esses casos, que tem pena de 1 a 5 anos”, destacou.

Ainda conforme Anamelka Cadena, em caso de prisão em flagrante, o suspeito passa por audiência de custódia e sem direito a fiança. “Então se o acusado é preso em flagrante, ele passa por audiência e não tem direito a fiança, são casos graves e queremos acabar com essas práticas para termos um Carnaval tranquilo, respeitando a individualidade de cada um”, ressaltou.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.