GP1

Polícia

PM é acusado de atirar em dono de bar durante confusão em Teresina

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminha ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde foi submetida a uma cirurgia.

Um policial militar é acusado de efetuar vários disparos de arma de fogo contra o dono de um bar durante uma confusão na noite desta quarta-feira (06), na Vila Coronel Carlos Falcão, próximo a praça do bairro Novo Horizonte, zona sudeste de Teresina.

Segundo informações da coronel Eliza Rodrigues, relações públicas da Polícia Militar do Piauí, o crime aconteceu por volta de 20h56, quando foi iniciada uma discussão entre o dono do bar e o policial, que reclamou que a cerveja servida à ele estava quente.

O policial teria então sacado a arma e efetuado vários disparos de arma de fogo contra a vítima, que foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminha ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde foi submetida a uma cirurgia.

O policial acusado de ter efetuado os disparos é lotado na cidade de Corrente. Ele se evadiu do local do crime e ainda não foi encontrado. A Polícia Militar segue em diligências na tentativa de localizá-lo.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.