GP1

Polícia

Dono de moto usada por suspeito de atirar em PM é detido em Teresina

De acordo com o tenente J. Ferreira, ele chegou à Companhia Independente de Policiamento do Promorar alegando que era proprietário da moto e que iria resgatá-la.

Um homem de 20 anos, responsável pela motocicleta utilizada pelo criminoso que foi abatido ao tentar assaltar um cabo da Polícia Militar do Piauí, no bairro Vamos Ver o Sol, acabou sendo detido pelos policiais da Companhia do Promorar, quando tentava resgatar a moto na sede do batalhão por volta de 9h desta quarta-feira (17).

De acordo com o tenente J. Ferreira, M. V. V. C. S chegou à Companhia Independente de Policiamento do Promorar alegando que era proprietário da moto e que iria resgatá-la. No entanto, os policiais desconfiaram e passaram a interrogá-lo.

“Ele informou que era vítima, dizendo que tinha emprestado a moto para uma pessoa que não conhecia. Então isso nos chamou atenção, porque como você empresta um objeto para uma pessoa que você não conhece? Nós o levamos para o DHPP para que fosse feita a verificação. De lá ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes. Ele disse que a moto não pertence a ele, porque é a avó quem paga, está no nome dela”, disse o tenente.

Ao chegar à Central de Flagrantes de Teresina, a delegada de plantão informou os policiais que não poderia autuá-lo por participação no crime e ele foi liberado em seguida. “Chegando à Central de Flagrantes, a delegada Lucivânia Vidal nos esclareceu que ela não poderia autuá-lo em flagrante. Eu informei ao Copom e tive que liberar o rapaz”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.