GP1

Polícia

Digital influencer é líder de quadrilha que assaltou empresário, diz Greco

"Provavelmente sim. Eles vieram de São Luís para cometer o crime, então provavelmente seja ela [a líder]", afirmou o delegado Laércio Evangelista.

Os delegados Tales Gomes e Laércio Evangelista, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), concederam coletiva de imprensa, no final da manhã desta sexta-feira (19), para falar sobre o caso da digital influencer Roani Sampaio e seu namorado, Francisco Moisés, presos acusados de assaltar o empresário Abel Paes Landim na zona leste de Teresina.

Durante a coletiva, o delegado Laércio Evangelista, presidente do inquérito, disse acreditar que Roani é a líder da quadrilha. "Provavelmente sim. Eles vieram de São Luís para cometer o crime, então provavelmente seja ela [a líder]", afirmou.

Foto: Alef Leão/GP1Delegados Tales Gomes e Laércio Gomes
Delegados Tales Gomes e Laércio Gomes

O delegado Tales Gomes, coordenador do Greco, explicou como a polícia conseguiu chegar até o policial e o empresário presos nesta manhã. "Em um primeiro momento, de imediato, já se identificou a participação de um policial militar no caso, o soldado Jean Carlos, e faltava ainda identificar a autoria do parceiro dele, que fugiu. Nós trabalhamos com isso terça e quarta-feira, e conseguimos identificar prontamente o parceiro dele, que é um rapaz que tem uma loja, uma sucata na zona sul de Teresina, que é o Thiago, ele estava escondido na casa de parentes na cidade de Buriti dos Lopes, e foi preso hoje" relatou.

"A investigação agora é no sentido de concluir o inquérito até domingo, o prazo encerra neste domingo, e poder indiciar todas as pessoas citadas pelo crime de roubo", completou Tales.

De acordo com Laércio, Francisco Moisés veio de São Luís com Roani, especificamente para cometer esse crime. "Ele já veio com ela com essa intenção, e aí nós estamos investigando se além desse crime, eles participaram de outros crimes com o mesmo modus operandi", declarou.

" A Roani permanece presa, juntamente com o Francisco Moisés. Ela está presa na penitenciária feminina, o Francisco Moisés se encontra na Casa de Custódia, o Thiago está sendo encaminhado para Teresina para também ir para a Casa de Custódia, e o policial militar está sendo encaminhado para o presídio militar. Eles serão indiciados pelo crime de roubo majorado por ter sido cometido mediante o uso de arma de fogo e em concurso de duas ou mais pessoas. A intenção deles era de sequestrar o empresário para efetuar algum saque com os cartões bancários", finalizou o delegado Laércio.

Prisões de PM e empresário

Na manhã desta sexta-feira (19), o Greco prendeu um soldado da Polícia Militar do Piauí, identificado como Jean Carlos Nunes Carneiro Júnior, e o empresário Thiago Ruan acusados de participação no crime.

Entenda o caso

A digital influencer de São Luís-MA, identificada como Roani da Silva Sampaio, foi presa pela Polícia Militar do Piauí, acusada de participação em um arrastão na residência de um empresário com quem ela havia marcado um encontro, na própria casa da vítima, localizada no bairro Planalto Ininga, zona leste de Teresina. O caso ocorreu na sexta-feira (12) e além dela também foi preso o seu namorado, Francisco Moisés.

Foto: Reprodução/InstagramRoani Sampaio
Roani Sampaio

De acordo com o relato do empresário à Polícia Civil, ele havia marcado um encontro com Roani Sampaio, que mora em São Luís e chegou a sua casa por volta de 16h15. Cerca de 50 minutos depois, o empresário contou que foi surpreendido pelos bandidos tentando arrombar a porta do seu quarto.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.