Fechar
GP1

Polícia

Teresina registrou dois homicídios em menos de 24 horas

Houve ainda uma tentativa de homicídio no município de Nazária, na manhã deste domingo (23).

Em menos de 24 horas, o Piauí registrou dois homicídios. Conforme levantamento feito pelo GP1 neste domingo (23) os dois casos foram registrados na capital, Teresina. Todas as mortes estão sob investigação da Polícia Civil do Piauí.

Os registros indicam crimes extremamente violentos. O primeiro deles aconteceu no Parque Mão Santa, por volta das 18h desse sábado (22). A vítima, Antônio Marcos da Silva Nascimento, conduzia uma motocicleta e chegou a ser perseguida pelos criminosos, que andavam em um carro e outra motocicleta.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Instituto de Medicina Legal
Instituto de Medicina Legal

Ao ser alcançado pelos bandidos, ele foi alvejado com nove disparos de arma de fogo. Oito deles atingiram a região da cabeça, e um o tórax.

Assassinato no bairro Matadouro

Cerca de 10 horas depois do primeiro homicídio, a capital piauiense registrou a segunda ocorrência de morte violenta. Na ocasião, o indivíduo identificado apenas como Jackson foi morto a tiros dentro de casa, localizada no bairro Matadouro, na zona norte de Teresina.


O crime ocorreu durante a madrugada deste domingo (23), e segundo informações do 9º Batalhão, a vítima se tratava de um ex-presidiário que já tinha passagem pelo Presídio Jorge Vieira, situado na cidade de Timon, no Maranhão.

Tentativa de homicídio no interior do Piauí

Já na manhã deste domingo (23), a cidade de Nazária, situada a 35km da capital piauiense, registrou uma tentativa de homicídio. Nesse caso, a vítima, identificada apenas como Alex, foi alvejada com cerca de sete disparos de arma de fogo. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina. O estado dele é grave.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.