GP1

Política

Luciano Nunes se diz surpreso com delação envolvendo Aécio Neves

O parlamentar alegou que ainda está muito cedo para fazer qualquer avaliação com relação a situação do PSDB em 2018 e que é preciso haver uma avaliação interna do partido.

O deputado estadual Luciano Nunes, que integra o partido de Aécio Neves, afastado do Senado nesta quinta-feira (18), por envolvimento em corrupção com o grupo JBS, disse que foi surpreendido e que o partido lamenta os últimos acontecimentos envolvendo o ex-presidente da sigla.

"Pegou a todos nós de surpresa, lamentamos muito o fato e esperamos que o Brasil possa sair dessa nova crise. É importante destacar que estávamos dando os primeiros passos na retomada do crescimento e fomos surpreendidos", disse.

O parlamentar alegou que ainda está muito cedo para fazer qualquer avaliação com relação a situação do PSDB em 2018 e que é preciso haver uma avaliação interna do partido, mas que mudanças devem acontecer.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Luciano NunesLuciano Nunes

Para ele, ainda é difícil ter um posicionamento. “A gente não sabe ainda a profundidade, os fatos que foram denunciados por si só são chocantes, mas vamos ter desdobramentos disso, temos que ver qual vai ser a posição do presidente Temer”, afirmou.

O pouco tempo desde que a delação foi divulgada e as invetigações ainda em andamento fizeram com que o deputado não tivesse ainda uma ideia sobre o que irá acontecer ao presidente Michel Temer, também citado em delação. “Temos que pensar em tudo isso e fazer as reformas que o Brasil precisa”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.