Fechar
GP1

Política

Flávio Nogueira vai conversar com Wellington Dias sobre cargos

“O governador está ainda estudando e vendo os órgãos que vão ser extintos, acredito que serão essas coordenadorias, mas ele ainda não falou nada sobre isso", afirmou.

O deputado federal eleito Flávio Nogueira, presidente estadual do PDT no Piauí, defendeu nesta segunda-feira (12), que o governador Wellington Dias (PT) reduza os cargos na sua gestão. Ele afirmou que ainda deverá conversar com o chefe do poder executivo sobre a participação da legenda na sua gestão.

Flávio Nogueira afirmou que “o governador está ainda estudando e vendo os órgãos que vão ser extintos, acredito que serão essas coordenadorias, mas ele ainda não falou nada sobre isso. Pelo menos com o PDT não tem nada conversado. Não procurei e nem fui procurado. Ainda tem esse mês todo para ver isso”.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Flávio NogueiraFlávio Nogueira

Para o parlamentar o governador precisa tomar medidas para reduzir os gastos. “Tem que ser feito ajustes na máquina do Estado, porque é uma imposição devido à crise econômica, lembrando que essa crise não foi criada aqui no Piauí. É uma crise nacional. Tem estados bem mais ricos que o nosso que estão quebrados. Os sintomas estão até tardios, dessa crise enorme que é proveniente de Brasília. O governador deve reunir os seus técnicos para ver o que possa estar tirando o máximo possível”, afirmou.


Nessa gestão de Wellington Dias, o PDT ocupou principalmente a Secretaria de Turismo. Flávio Nogueira explicou que essa questão de ocupar cargos no governo ainda será discutida, porque é necessário saber primeiro, quais são os cortes que serão realizados. Ele ainda destacou que não pretende ocupar cargo no governo e quer ficar no Congresso Nacional.

“Ainda não sei [se vai ficar com a Secretaria de Turismo]. Isso que ainda vamos conversar com o governador. Vai diminuir o que? Vai tirar o que? Da nossa parte, eu como deputado federal, eu quero ficar em Brasília, não quero vir para cá, então são coisas que devem ser conversadas para ver a nossa participação, mas não estamos muito apressados com isso. Com o novo governo, existe muita expectativa e eu quero estar participando desde momento no Congresso Nacional”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.