GP1

Política

PT e PSDB entram na ‘briga’ pela vice-presidência da Câmara de Teresina

Até agora o único entendimento apoiado pela maioria dos parlamentares, reza sobre a recondução de Jeová Alencar (MDB) para o comando da Casa por mais dois anos.

O PT na pessoa do vereador Deolindo Moura e o PSDB, representado por Edson Melo, entraram na ‘briga’ pela vaga de vice-presidente da Câmara Municipal de Teresina. As discussões estão em andamento. Até agora o único entendimento apoiado pela maioria dos parlamentares, reza sobre a recondução de Jeová Alencar (MDB) para o comando da Casa por mais dois anos.

Por outro lado, apesar do interesse de Edson, a tendência é que o cargo fique mesmo com o PT já que os tucanos passarão a ser oposição a partir de janeiro de 2021 com a eleição de Dr. Pessoa (MDB) para Prefeitura de Teresina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deolindo Moura e Edson MeloDeolindo Moura e Edson Melo

Pela regra de alianças, o Partido dos Trabalhadores sempre foi oposição na Capital e decidiu declarar apoio a Dr. Pessoa no segundo turno do processo eleitoral que tirou do comando do Município, após 34 anos, o grupo liderado pelos tucanos.

Quanto a primeira secretaria, o provável é que o espaço seja ocupado pelo PSL, que sugeriu o nome da vereadora Teresinha Medeiros para a composição.

Contemplar a todos

Em recente entrevista ao GP1, o presidente Jeová Alencar adiantou que o objetivo é contemplar o maior número possível de partidos na composição da Mesa Diretora da Câmara.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

"Temos legitimidade", diz Deolindo sobre vice-presidência da Mesa Diretora

Jeová Alencar diz que vai buscar consenso para presidência da Câmara

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.