GP1

Política

Marcos Pontes critica corte de R$ 600 milhões na Ciência e Tecnologia

"Os cortes de recursos sobre o pequeno orçamento de Ciência do Brasil são equivocados e ilógicos", disse.

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, usou seu perfil no Twitter para criticar o Ministério da Economia, que retirou R$ 600 milhões que estavam previstos para financiar pesquisas científicas no Brasil. No domingo (10) Marcos Pontes disse que a medida é equivocada e ilógica.

“Falta de consideração. Os cortes de recursos sobre o pequeno orçamento de Ciência do Brasil são equivocados e ilógicos. Ainda mais quando são feitos sem ouvir a Comunidade Científica e Setor Produtivo. Isso precisa ser corrigido urgentemente”, criticou Marcos Pontes.

O Ministério da Economia reduziu 87% o orçamento para a Ciência e Tecnologia. O ministro Paulo Guedes, da Economia, repartiu os recursos que seriam destinados à pasta de Pontes em seis ministérios.

O orçamento estava previsto em um Projeto de Lei do Congresso Nacional que foi enviado pelo Governo, que abria crédito suplementar. Entidades que representam a Ciência e Tecnologia reagiram pedindo a revisão dos cortes.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.