GP1

Política

Átila Lira nega que tenha recebido R$ 10 milhões para votar em Lira

"Se ele recebeu, foi ele. Eu não recebi”, disparou Átila Lira sobre acusações do delegado Waldir.

O deputado federal Átila Lira (Progressistas) reagiu, durante entrevista à imprensa nesta segunda-feira (22), às acusações feitas pelo também deputado Delegado Waldir (PSL-GO). O ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro acusou os deputados de receberem R$ 10 milhões para eleger Arthur Lira como presidente da Câmara.

“Ele está aborrecido com o governo e dá uma versão dessa para justificar a perda de prestígio que ele tem hoje. Ele quer se projetar criando um fato político novo que é dizer que recebeu recurso. Se ele recebeu, foi ele. Eu não recebi”, declarou Átila Lira.

Foto: Lucas Dias/GP1Átila Lira
Átila Lira

Acusações

Conforme a denúncia do delegado Waldir, cada deputado recebeu o direito de destinar R$ 10 milhões para suas bases eleitorais pelo apoio à eleição de Lira. O deputado disse ainda que os parlamentares receberam R$ 20 milhões para apoiar a Reforma da Previdência.

"Aconteceu na reforma da Previdência, na eleição do Lira [para a presidência da Câmara] e em mais uma [votação] que não me lembro", disse Waldir. "R$ 10 milhões [por voto em Lira]. E na [reforma da] Previdência, R$ 20 milhões por parlamentar”, disse Walmir em entrevista ao The Intercept.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.