GP1

Política

Marcelo Castro teme que eleição do TCE cause racha na base aliada

“Isso não é bom, se pudesse ter resolvido antes, talvez tivesse sido melhor”, afirmou o parlamentar.

O senador Marcelo Castro (MDB) se disse temeroso quanto a um possível “racha” na base aliada do Palácio de Karnak, por conta da eleição do Tribunal de Contas do Estado (TCE), isso porque todos os quatro deputados que disputam a vaga de conselheiro pertencem ao grupo de Wellington Dias (PT), o que, na visão do parlamentar, pode não comprometer a estabilidade da aliança mais à frente.

Em entrevista à imprensa nesta segunda-feira (13), Marcelo Castro afirmou que sua grande preocupação em relação a disputa pelo TCE são as consequências que ela poderá trazer para a base aliada. “Minha preocupação é essa, porque em uma disputa de quatro deputados, todos os quatro da base, três dos quais são secretários do governador Welington Dias, então, quem perder poderá ficar um pouco magoado, achando que foi preterido”, avaliou o senador do MDB.

Foto: Lucas Dias/GP1Marcelo Castro, Senador
Senador Marcelo Castro

Por fim, o parlamentar opinou que o ideal teria sido um consenso em torno de apenas um nome da base para disputar a tão cobiçada vaga. “Isso não é bom, se pudesse ter resolvido antes, talvez tivesse sido melhor”, pontuou.

Deputados que disputam a vaga da base aliada

Estão no páreo pela vaga de conselheiro os deputados Wilson Brandão (Progressistas), Zé Santana (MDB), Flávio Nogueira Júnior (PDT) e a deputada Flora Izabel (PT).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.