Fechar
GP1

Política

Oposição espera diálogo com Rafael Fonteles, diz Wilson Brandão

Parlamentar do PP, que já fez parte da base aliada na gestão de Wellington Dias e está na oposição.

O deputado estadual reeleito, Wilson Brandão (PP), afirmou nesta quinta-feira (17), durante entrevista à imprensa, que espera diálogo do governador eleito Rafael Fonteles (PT), que assume o mandato em janeiro de 2023, com a oposição.

O parlamentar do Progressistas já fez parte da base aliada do PT, na gestão de Wellington Dias, sendo, inclusive, secretário de Mineração. “Eu acredito que governador Rafael, pela sua própria idade, é jovem, deve ter uma cabeça bem arejada para compreender que a democracia é isso, é convivência das diferenças, convivência para buscar a convergência convivência para compreender que nós ser humanos acertamos e erramos. Então gestor tive essa consciência ele consegue fazer um governo dentro da média”, pontuou o deputado.

Foto: Alef Leão/GP1Wilson Brandão
Wilson Brandão

Brandão acrescentou ainda que oposição espera contribuir com o novo governo na oposição, com críticas fundamentadas e apoiando pautas que beneficiem o Piauí.


“Eu já fui deputado de oposição por várias legislaturas aqui na Assembleia e por algumas vezes, deputado de governo e o deputado de oposição tem que se comportar como alguém que contribui para o governo, contribui como? Não faz parte da base, mas vai fazer parte de uma atuação parlamentar de contestação para melhoria do governo, para a fiscalização do governo. Esse é o trabalho que nós vamos fazer, já fizemos em outro governo e vamos fazer isso também. Naquilo que o governo tiver correto, iremos apoiar. Aquilo nós acharmos que o governo não vai bem, iremos naturalmente contestar e criticar dentro do limite da responsabilidade que o parlamentar deve ter”, finalizou Brandão.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.