Fechar
GP1

Política

Franzé Silva diz que novos concursados da Alepi serão nomeados em 2024

O concurso foi realizado em 14 de janeiro e que ofertou vagas para Analista e Técnico Legislativo.

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), deputado estadual Franzé Silva (PT), comunicou na sessão plenária desta terça-feira (18) o resultado final do concurso da Casa Legislativa, divulgado na última sexta-feira (16) pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan). De acordo com o parlamentar, os 62 aprovados serão nomeados ainda este ano.

“Nós iremos fazer o Curso de Formação inicialmente para metade dos aprovados e, ao concluir, iremos fazer o chamamento da segunda turma”, afirmou Franzé sobre o concurso realizado em 14 de janeiro e que ofertou vagas para Analista e Técnico Legislativo em diversas especialidades.

Foto: Lucas Dias/GP1Franzé Silva
Franzé Silva

O presidente da Alepi acrescentou que a primeira turma deverá ser chamada em agosto, e que em novembro será convocado o segundo grupo. “Temos dito que o maior legado que a gente vai deixar na Assembleia é exatamente o modelo de gestão. Não passa somente pela ação parlamentar, mas pela ação dos servidores efetivos desta Casa e dos colaboradores que são comissionados e executam suas tarefas dentro de uma programação de gestão que temos adotado desde quando assumimos a presidência da Assembleia”, disse Franzé.

O presidente da Alepi afirmou também que na quarta-feira (19), às 10h, em evento a ser realizado no Salão Nobre Francisca Trindade, os servidores do concurso de 2019 serão efetivados, marcando a aprovação deles no estágio probatório.


“É o enquadramento que dá, além de uma estabilidade para esses servidores, também um ganho salarial. Praticamente dobra o salário desses servidores e nós queremos reconhecer o empenho e o trabalho de todos eles”, afirmou o dirigente da Casa.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.