Fechar
GP1

Política

Marcelo Castro diz que debate antecipado sobre o Senado atrapalha Rafael Fonteles

“Está na hora de dar as mãos para que [Rafael] faça um governo melhor do que está fazendo”, disse.

O senador Marcelo Castro, presidente regional do MDB no Piauí, criticou a antecipação do debate eleitoral de 2026, sobretudo, no que tange a vaga para o Senado Federal na chapa majoritária do governador Rafael Fonteles (PT). De acordo com ele, esse assunto atrapalha a unidade da base e pode trazer dificuldades para a administração de Rafael.

Para Marcelo, o mais prudente é unir esforços políticos com fins administrativos e protelar para 26, o início das conversações eleitorais que serão orquestradas pelo chefe do Palácio de Karnak.

Foto: Lucas Dias/GP1Senador Marcelo Castro do MDB
Senador Marcelo Castro do MDB

“Essa competição sempre existirá, mas acho que não está na hora. Em primeiro lugar, acho que esse problema foi antecipado e isso não constrói. Está na hora de todo mundo dar as mãos, juntar esforços, para que o governador Rafael Fonteles faça um governo melhor do que está fazendo. Quando for em 2026, que é o momento próprio, nós voltaríamos a discutir esse assunto”, declarou Marcelo.

Sobre o fato de ser considerado nome certo na chapa do Governo, o presidente do MDB lembrou que esse entendimento não é simples, considerando que passa por um debate colegiado com os demais líderes que compõem a numerosa base de apoio de Rafael Fonteles. “Se a minha [vaga] tiver prioridade, vai depender do entendimento de todos os partidos políticos e eu espero que a gente chegue a um entendimento”, finalizou Castro.


Cotados

Além de Marcelo Castro, pelos menos mais três nomes são cotados para ocupar espaço de senador na chapa governista: os deputados federais do PT, Flávio Nogueira e Francisco Costa, além do também deputado federal, Júlio César, presidente regional do PSD no Piauí.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.