GP1

Saúde

Ministério da Saúde confirma 240 mortes devido à febre amarela

Também foram confirmadas 715 infecções da doença e já recebeu mais de 3 mil notificações desde o início do surto.

O Ministério da Saúde informou que desde o início da epidemia de febre amarela, em dezembro do ano passado, até a última quinta-feira (27), o Brasil teve 392 suspeitas de mortes devido à doença, sendo 240 confirmadas.

De acordo com informações do G1, o número de infecções com resultado laboratorial positivo para o vírus chega a 715, com mais de 3 mil notificações recebidas pelos órgãos de saúde e 1,5 mil casos descartados.  O boletim divulgado pelo Ministério da Saúde também traz um balanço da distribuição de vacinas: foram 23,6 milhões distribuídas nas regiões consideradas de risco para a disseminação da doença.

  • Foto: Divulgação / Ascom CamposVacina contra febre amarelaVacina contra febre amarela

Apesar de o susto da febre amarela atingir regiões próximas de zonas urbanas de estados como Rio de Janeiro e São Paulo, ainda é classificado como silvestre pelo governo, ou seja, o mosquito Aedes aegypti, conhecido por transmitir a dengue, chikungunya e a zika, ainda não é transmissor da febre amarela. Os mosquitos responsáveis por essas infecções ocorridas em áreas de mata e rurais são o Haemagogus e Sabethes.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.