GP1

Saúde

Advogado piauiense morre vítima de dengue hemorrágica em Brasília

Luís Alberto estava internado em um hospital em Brasília e não resistiu às complicações da doença.

O advogado piauiense Luís Alberto da Silva, mais conhecido como Lulinha Silva, morreu aos 33 anos, nessa quarta-feira (01), vítima de dengue hemorrágica. Ele estava internado em um hospital em Brasília e não resistiu às complicações da doença.

Luís Alberto era natural de Batalha e atuava tanto na cidade natal como em Piripiri. A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Piauí, Subseção de Piripiri, divulgou nota de pesar pela morte do advogado.

“As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso colega advogado, o mundo perde um pouco do seu brilho e alegria”, diz trecho da nota.

O advogado formou-se em Direito pela Faculdade Chrisfapi, em Piripiri. Ele deixa esposa e um filho. Ainda não há informações sobre velório e enterro.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.